"nessas matas tem folhas": uma análise sobre 'plantas' e 'ervas' a partir da Umbanda paulista

Exibir registro simples

dc.contributor.advisor Rodrigues, Eliana [UNIFESP]
dc.contributor.advisor Silva, Vagner Gonçalves da [UNIFESP]
dc.contributor.author Carlessi, Pedro Crepaldi [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2017-01-03T09:48:05Z
dc.date.available 2017-01-03T09:48:05Z
dc.date.issued 2016-04-29
dc.identifier.citation CARLESSI, Pedro Crepaldi. "Nessas matas tem folhas!": uma análise sobre 'plantas' e 'ervas' a partir da umbanda paulista. 2016. 93 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas - Universidade Federal de São Paulo - Campus Diadema. 2016.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/41265
dc.description.abstract Esta dissertação é composta por uma coleção de três artigos, elaborados a partir de um trabalho de campo de caráter etnográfico associado a atividade de coleta botânica realizado em um terreiro de umbanda da cidade de São Paulo-SP-Brasil. Embora cada artigo tenha objetivos, resultados e conclusões específicos, nesta pesquisa procura-se evidenciar o protagonismo do universo vegetal na umbanda paulista a partir de um estudo em interface com as ciências botânicas e a antropologia. Primeiramente apresenta-se o inventário das plantas que puderam ser conhecidas durante os nove meses de trabalho de campo, composto por setenta e sete espécies botânicas, coletadas majoritariamente no interior do próprio terreiro e utilizadas no preparo de banhos de ervas, amacís, chás e defumações. Em seguida são grifadas algumas dissensões entre o termo sintético planta e a categoria nativa utilizada pelos membros do terreiro para se referir aos vegetais (mas não só) utilizados em suas praticas religiosas, ervas, condição que se faz acompanhada por uma análise do próprio estatuto ontológico deste material. Ao passo que as diferenças que particularizam plantas e ervas se evidenciam, abre-se espaço para pensar na importância de se criar modelos analíticos comprometidos em resguardá-las, condição que torna esta dissertação, em suas entrelinhas, um exercício reflexivo a respeito dos modos científicos de produção de conhecimento. pt
dc.description.sponsorship Não recebi financiamento pt
dc.language.iso por pt
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.rights Acesso aberto pt
dc.subject Umbanda pt
dc.subject Religiões Afro-Brasileiras pt
dc.subject Natureza-Cultura pt
dc.subject Ervas pt
dc.subject Etnobotânica pt
dc.title "nessas matas tem folhas": uma análise sobre 'plantas' e 'ervas' a partir da Umbanda paulista pt
dc.title.alternative "In these forests has leaves": an analysis of 'plants' and 'herbs' from the São Paulo city's Umbanda pt
dc.type Dissertação de mestrado pt
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
unifesp.campus Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF) pt
unifesp.graduateProgram Análise ambiental integrada - Diadema pt
unifesp.knowledgeArea Biodiversidade pt
unifesp.researchArea Etnobotânica pt



Arquivo

Nome: CARLESSI_nessas matas tem folhas_dissertacao.pdf
Tamanho: 3.033MB
Formato: PDF
Descrição: Dissertação_Carlessi_nessas matas tem folhas
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Exibir registro simples

Buscar


Navegar

Minha conta