Marcadores de ativação endotelial e auto-anticorpos na artrite reumatóide

Marcadores de ativação endotelial e auto-anticorpos na artrite reumatóide

Título alternativo Markers of endothelial activation and autoantibodies in rheumatoid arthritis
Autor Teixeira, Roberto Cordeiro de Andrade Autor UNIFESP Google Scholar
Gabriel Júnior, Alexandre Autor UNIFESP Google Scholar
Martino, Maria Cristina de Google Scholar
Martins, Lourdes Conceição Google Scholar
Lopes, Antonio Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Tufik, Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Associação Fundo de Incentivo à Psicofarmacologia Medicina Laboratorial
Universidade de São Paulo (USP)
Faculdade de Medicina do ABC
Resumo Rheumatoid arthritis (RA) is an inflammatory chronic disease characterized by the production of antibodies and participation of the vascular endothelium in its pathogenesis. OBJECTIVES: to analyze the correlation of serum levels of the intercellular adhesion molecule 1 (ICAM-1), von Willebrand factor (vWF), Rheumatoid factor (RF), and anti-cyclic citrulinated peptide (anti-CCP) with clinical, laboratory, and radiological parameters of RA. METHODS: Serum levels of ICAM-1, vWF, RF, and anti-CCP were measured in 38 RA patients and 24 controls. Disease activity was measured by the DAS-28 score and functional capa-city was assessed using the HAQ score. The American College of Rheumatism criteria defined the functional class. Hand and fist X-rays were analyzed using the Sharp's score. Statistical analysis utilized the chi-square, Student's t, Kolmogorov-Smirnov, and Mann-Whitney tests, as appropriate, as well as the Spearman's correlation coefficient. RESULTS: Age range was from 52 ± 12.5 and 49 ± 9.4 years-old in RA and controls, respectively. Disease duration range was 68 ± 66.6 months. Serum vWF levels had a positive significant correlation to disease evolution, whereas RF and anti-CCP correlated to the Sharp score. Serum vWF and ICAM-1 levels correlated to DAS-28, while only vWF correlated with HAQ and Sharp scores. CONCLUSION: This study shows that RF and anti-CCP autoantibody levels are correlated to disease prognosis rather than activity. Serum vWF levels are positively correlated to both activity and severity parameters of the disease.

A artrite reumatóide (AR) é uma doença crônica inflamatória, caracterizada pela produção de auto-anticorpos e participação do endotélio vascular em sua patogênese. OBJETIVOS: Analisar a correlação da molécula de adesão intercelular (ICAM-1), o fator de von Willebrand (vWF), o fator reumatóide (FR) e o anticorpo antipeptídeo citrulinado cíclico (anti-CCP) com parâmetros de atividade clínica, laboratorial e alterações radiológicas da AR. MÉTODOS: Em 38 pacientes e 24 indivíduos que não apresentavam artrite reumatóide foram dosados FR, anti-CCP, vWF e ICAM-1 no soro. A atividade da doença foi definida pelo escore do DAS-28. O Health Assessment Questionnaire (HAQ) definiu a capacidade funcional, e os critérios revisados do American College of Rheumatology, a classe funcional. Radiografias de mãos e punhos quantificaram o índice de Sharp modificado. RESULTADOS: A idade dos pacientes foi de 52 ± 12,5 anos e dos indivíduos que não apresentavam artrite reumatóide, de 49 ± 9,4 anos. O tempo de doença foi de 68 ± 66,6 meses. O vWF apresentou correlação significativa com o tempo de evolução da doença. Os auto-anticorpos tiveram correlação significativa com o índice de Sharp. A correlação do vWF e a ICAM-1 foi significativa com o DAS-28, mas apenas o vWF se correlacionou com o HAQ e com índice de Sharp. CONCLUSÃO: Esse estudo demonstrou que os auto-anticorpos não estão correlacionados com a atividade da doença, mas com seu prognóstico e sua gravidade por meio da relação destes com o índice de Sharp. O vWF apresentou correlação significativa com os parâmetros de atividade e gravidade da doença.
Palavra-chave rheumatoid arthritis
rheumatoid factor
ICAM-1
anti-CCP
von Willebrand factor
artrite reumatóide
fator reumatóide
ICAM-1
anti-CCP
fator Von Willebrand
Idioma Português
Data de publicação 2007-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Reumatologia. Sociedade Brasileira de Reumatologia, v. 47, n. 6, p. 411-417, 2007.
ISSN 0482-5004 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Reumatologia
Extensão 411-417
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0482-50042007000600004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0482-50042007000600004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4084

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0482-50042007000600004.pdf
Tamanho: 362.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta