Campos de intervenções organizacionais: a contribuição das ciências humanas para uma leitura crítica das propostas de gestão das organizações de saúde

Campos de intervenções organizacionais: a contribuição das ciências humanas para uma leitura crítica das propostas de gestão das organizações de saúde

Título alternativo Organizational intervention fields: the contribution of humanities to a critical view of the proposals on health organizations management
Campos de intervenciones de organización: contribución de las ciencias humanas para una lectura crítica de las propuestas de gestión de las organizaciones de salud
Autor Lins, Auristela Maciel Google Scholar
Cecilio, Luiz Carlos de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de Brasília Faculdade de Saúde Departamento de Saúde Coletiva
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This article aims at presenting an analytical frame to be used by organization researchers, health managers, and health evaluators as a guide to promote critical analysis of organizational interventions usually presented as powerful management tools for changing undesirable situations. The current analytical scheme stems from a research on doctoral theses submitted from 2000 through 2004 in major Brazilian universities. It was intended to identify the main paradigms used in such recent academic work. It comprises ideal types known as organizational intervention fields based on some theoretical productions in the area of Human Sciences.

El objetivo de este artículo es presentar un esquema analítico, que puedan utilizar los estudiosos de las organizaciones, sobre todo gestores y evaluadores en salud, como guía de una lectura crítica de propuestas de intervenir en la organización que se les presenta cotidianamente y se pretenden transformadoras de una situación indeseada. El esquema presentado es el resultado de una investigación que discutió tesis de doctorado defendidas, entre los ãnos 2000 y 2004, en las principales universidades brasileñas; tratando de identificar los paradigmas usados en estas obras académicas recientes. Se compone de tipos ideales denominados campos de intervenciones de organización, construidos con la contribución de algunas producciones teóricas de las ciencias humanas.

O objetivo deste artigo é apresentar um esquema analítico que possa ser utilizado por estudiosos das organizações, sobretudo gestores e avaliadores em saúde, como roteiro para a leitura crítica de propostas de intervenção organizacional que lhes são apresentadas no cotidiano de suas organizações e que se pretendem transformadoras de uma situação indesejada. O esquema ora apresentado resulta de uma pesquisa que discutiu teses de doutorado defendidas entre 2000 e 2004, nas principais universidades brasileiras, procurando identificar os paradigmas utilizados nessas obras acadêmicas recentes. Compõe-se de tipos ideais denominados campos de intervenções organizacionais, construídos com a contribuição de algumas produções teóricas das ciências humanas.
Assunto Organizational analysis
Health systems
Health management
Health evaluation
Análise organizacional
Sistemas de saúde
Gestão em saúde
Avaliação em saúde
Idioma Português
Data 2007-12-01
Publicado em Interface - Comunicação, Saúde, Educação. UNESP, v. 11, n. 23, p. 503-514, 2007.
ISSN 1414-3283 (Sherpa/Romeo)
Editor UNESP
Extensão 503-514
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1414-32832007000300008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1414-32832007000300008 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4038

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1414-32832007000300008.pdf
Tamanho: 101.9Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)