Nível de ruído em unidade de terapia intensiva neonatal

Nível de ruído em unidade de terapia intensiva neonatal

Título alternativo Noise level in neonatal intensive care unit
Nivel de ruido en una unidad de cuidados intensivos neonatal
Autor Kakehashi, Tereza Yoshiko Google Scholar
Pinheiro, Eliana Moreira Autor UNIFESP Google Scholar
Pizzarro, Gilberto Autor UNIFESP Google Scholar
Guilherme, Arnaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade São Marcos
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: Determine noise levels in the Neonatal Intensive Care Unit and identify the sources of these noises. METHODS: Quantitative, descriptive and exploratory study, carried out in São Paulo. Data was collected in April and May of 2005. A dosimeter was used to record a total of 96 hours of measurements. Nine hours of observation were also conducted to identify sources of noise. RESULTS: Leq noise levels ranged from of 61.3 to 66.6 dBA and were higher on the weekends. Peak values ranged from 90.8 to 123.4 dBC and the highest values were recorded at night. The sources of the noise were: beeping noises from ventilators and heart rate monitors, conversations between health professional and others. CONCLUSION: The deleterious effects of high levels of noise on newborns and health professionals show the need for interventions in routines and professionals and families' conduct.

OBJETIVO: Verificar el nivel de ruido de la Unidad de cuidados Intensivos Neonatal (UCIN) e identificar sus fuentes. MÉTODOS: Fue conducido en una Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal de São Paulo. Se trata de un estudio cuantitativo, descriptivo y exploratorio. La recolección de datos ocurrió de abril a mayo del 2005, utilizando un dosímetro para 96 horas de registro del nivel de presión sonora y 9 horas de observación, para identificar las fuentes del ruido. RESULTADOS: Se registró Leq entre 61.3 a 66,6 dBA, siendo mayor en los días del final de semana. Los valores de los picos variaron de 90,8 a 123,4 dBC, siendo más elevados en el período nocturno. Las principales fuentes fueron: alarma de los ventiladores, de los oxímetros, conversación entre profesionales y padres y otros. CONCLUSIÓN: Considerando los efectos deletérios del nivel elevado de ruído sobre neonatos y el equipo de salud, los resultados demuestran la necesidad de intervenciones en algunas rutinas y en la conducta de los profesionales y familiares.

OBJETIVO: Verificar o nível de ruído da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e identificar suas fontes. MÉTODOS: Estudo quantitativo, descritivo e exploratório, conduzido em uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de São Paulo. A coleta de dados ocorreu de abril a maio de 2005, utilizando um dosímetro para 96 horas de registro do nível de pressão sonora e 9 horas de observação, para identificar as fontes de ruído. RESULTADOS: Registrou-se Leq entre 61,3 a 66,6 dBA, sendo maior nos dias do final de semana. Os valores dos picos variaram de 90,8 a 123,4 dBC, sendo mais elevados no período noturno. As principais fontes foram: alarme dos ventiladores, dos oxímetros, conversa entre profissionais e pais e outros. CONCLUSÃO: Considerando os efeitos deletérios do nível elevado de ruído sobre neonatos e equipe de saúde, os resultados demonstram a necessidade de intervenções em algumas rotinas e na conduta dos profissionais e familiares.
Palavra-chave Noise
Noise measurement
Intensive care
neonatal
Neonatal nursing
Infant
newborn
Ruído
Medição de ruído
Terapia intensiva neonatal
Enfermagem neonatal
Recém-nascido
Idioma Português
Data de publicação 2007-12-01
Publicado em Acta Paulista de Enfermagem. Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), v. 20, n. 4, p. 404-409, 2007.
ISSN 0103-2100 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 404-409
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002007000400003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000315672000007
SciELO S0103-21002007000400003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4033

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-21002007000400003.pdf
Tamanho: 370.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta