Ablação da fibrilação atrial no Brasil: resultados do registro da Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas

Ablação da fibrilação atrial no Brasil: resultados do registro da Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas

Título alternativo Atrial fibrillation ablation in Brazil: results of the registry of the Brazilian Society of Cardiac Arrhythmias
Autor Fenelon, Guilherme Autor UNIFESP Google Scholar
Scanavacca, Maurício Autor UNIFESP Google Scholar
Atié, Jacob Autor UNIFESP Google Scholar
Zimerman, Leandro Autor UNIFESP Google Scholar
Magalhães, Luiz Pereira De Autor UNIFESP Google Scholar
Lorga Filho, Adalberto Autor UNIFESP Google Scholar
Maia, Henrique Autor UNIFESP Google Scholar
Martinelli Filho, Martino Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: Aiming to define the profile of curative atrial fibrillation (AF) ablation in Brazil, the Brazilian Cardiac Arrhythmia Society [Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas] (SOBRAC) created the Brazilian Registry of AF Ablation [Registro Brasileiro de Ablação da FA]. OBJECTIVE: To describe the results of this registry. METHODS: A questionnaire was sent to SOBRAC members asking about data on patients submitted to AF ablation between September 2005 and November, 2006. RESULTS: A total of 29 groups from 13 states completed the forms. Of these, 22 (76%) had performed AF ablations. Between 1998 and 2001, 7 groups (32%) initiated AF ablations and between 2002 and 2006, 15 groups began to perform them (68%). From 1998 to 2006, 2,374 patients were submitted to ablation, 755 (32%) of them during the registry period. Most (70%) were males and 89% presented with paroxysmal or persistent AF. Ancillary imaging methods (intracardiac echocardiography and electroanatomic mapping) were used by 9 groups (41%). During an average five-month follow-up period, total success was 82% and success without use of antiarrhythmic agents was 57%. Nevertheless, 35% of the patients required two or more procedures. There were 111 complications (14.7%) and 2 deaths (0.26%). CONCLUSION: Curative AF ablation has been increasing significantly in our country, with success rates comparable to international indexes, but often more than one procedure is necessary. Despite promising results, AF ablation still results in significant morbidity. Supplementary imaging methods have been used more and more in an effort to increase efficacy and safety of the procedure. These findings should be considered by public and private funding agencies.

FUNDAMENTO: Buscando delinear o perfil da ablação curativa de fibrilação atrial (FA) no Brasil, a Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas (SOBRAC) idealizou o Registro Brasileiro de Ablação da FA. OBJETIVO: Descrever os resultados desse registro. MÉTODOS: Foi enviado um formulário aos sócios da SOBRAC, inquirindo sobre os dados de pacientes submetidos a ablação de FA entre setembro de 2005 e novembro de 2006. RESULTADOS: No total, 29 grupos, de 13 Estados, responderam ao formulário. Desses, 22 (76%) realizaram ablações de FA. Entre 1998 e 2001, 7 grupos (32%) iniciaram ablações de FA e entre 2002 e 2006, 15 grupos (68%). De 1998 a 2006, 2.374 pacientes foram submetidos a ablação, sendo 755 (32%) no período do registro. A maioria (70%) era do sexo masculino e 89% apresentavam FA paroxística ou persistente. Métodos auxiliares de imagem (ecocardiografia intracardíaca e mapeamento eletroanatômico) foram utilizados por 9 grupos (41%). Durante seguimento médio de cinco meses, o sucesso total foi de 82% e o sucesso sem uso de antiarrítmicos foi de 57%. Contudo, 35% dos pacientes necessitaram de dois ou mais procedimentos. Houve 111 complicações (14,7%) e 2 óbitos (0,26%). CONCLUSÃO: A ablação curativa de FA vem crescendo significativamente em nosso País, com taxas de sucesso comparáveis às internacionais, mas comumente há necessidade de mais de um procedimento. Apesar dos resultados promissores, a ablação de FA ainda acarreta morbidade significativa. Métodos auxiliares de imagem têm sido cada vez mais utilizados, visando a aumentar a eficácia e a segurança do procedimento. Esses achados devem ser considerados pelos órgãos pagadores públicos e privados.
Palavra-chave Atrial fibrillation
arrhytmia
societies medical
Brazil
Fibrilação atrial
ablação por cateter
arritmia
sociedades médicas
Brasil
Idioma Português
Data de publicação 2007-11-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC, v. 89, n. 5, p. 285-289, 2007.
ISSN 0066-782X (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Extensão 285-289
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2007001700002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0066-782X2007001700002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3987

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0066-782X2007001700002.pdf
Tamanho: 247.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta