Avaliação do uso de colírio no paciente portador de glaucoma

Avaliação do uso de colírio no paciente portador de glaucoma

Título alternativo Evaluation of the use of eye drops in patients with glaucoma
Autor Lisboa, Renato Dichetti dos Reis Autor UNIFESP Google Scholar
Picosse, Fabíola Rosa Autor UNIFESP Google Scholar
Mello, Paulo Augusto de Arruda Autor UNIFESP Google Scholar
Paranhos Junior, Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE:To identify the most important variables interfering with the correct topical administration of antiglaucomatous drugs. METHODS: Forty glaucomatous patients under clinical treatment were interviewed and observed while applying antiglaucomatous drugs. The following variables were analyzed: sex; age; income; washing of the hands; number of drops; motor abnormalities; availability of another person to apply the drug; place of the globe reached; bottle-eye contact; previous instruction; positioning for application; development of a burning sensation, pain or irritation. Using the questionary, the variables were correlated with the quality of instillation. RESULTS: Among all variables, only the availability of another person to apply the drug and the existence of a burning sensation, pain or eye irritation showed statistically important correlation to proper instillation. CONCLUSION: The presence of a companion and the development of burning sensation affected the quality of instillation.

OBJETIVO: Identificação das principais variáveis que interferem na qualidade de instilação correta de colírio antiglaucomatoso. MÉTODOS: Realizou-se estudo transversal em 40 pacientes glaucomatosos sob tratamento clínico com uso de colírio, aplicando-se um questionário e realizando-se observações quanto à instilação. Foram investigadas as seguintes variáveis: sexo; escolaridade; idade; condições sócioeconômicas; lavagem das mãos; número de gotas por aplicação; alteração motora; pessoa que aplica o colírio; local da aplicação; contato do frasco com as pálpebras, a conjuntiva e a córnea; instrução pregressa; posição de aplicação; ardor, dor ou irritação ocular após a aplicação e acuidade visual. A partir do questionário e das observações, as variáveis citadas foram correlacionadas com a qualidade de instilação. O modelo de análise foi a regressão logística binária. RESULTADOS: Dentre todas as variáveis em questão, apenas a pessoa que aplica o colírio e a sensação de ardor, dor ou irritação ocular mostraram-se estatisticamente significativas para uma adequada instilação de colírio. CONCLUSÃO: A presença de um acompanhante e o ardor à instilação do colírio influenciaram significativamente na qualidade de instilação do mesmo.
Palavra-chave Glaucoma
Drug utilization
Instillation, drug
Glaucoma
Uso de medicamentos
Instilação de medicamentos
Idioma Português
Data de publicação 2007-10-01
Publicado em Revista Brasileira de Oftalmologia. Sociedade Brasileira de Oftalmologia, v. 66, n. 5, p. 327-331, 2007.
ISSN 0034-7280 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Extensão 327-331
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72802007000500007
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72802007000500007 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3956

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-72802007000500007.pdf
Tamanho: 136.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta