Estudo da relação entre a imunoexpressão das proteínas caderina-E e DCC com o grau de diferenciação celular e o estadiamento TNM do adenocarcinoma colorretal

Estudo da relação entre a imunoexpressão das proteínas caderina-E e DCC com o grau de diferenciação celular e o estadiamento TNM do adenocarcinoma colorretal

Título alternativo Study of the expression of E-cadherin and DCC proteins with cell differentiation degree and staging in colorectal adenocarcinoma
Autor Denadai, Marcos Vinicius Araújo Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Sandra Regina M. da Google Scholar
Waitzberg, Angela Flávia Logullo Autor UNIFESP Google Scholar
Artigiani Neto, Ricardo Autor UNIFESP Google Scholar
Saad, Sarhan Sydney Autor UNIFESP Google Scholar
Matos, Delcio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Hospital do Câncer Fundação Pio XII Departamento de Cirurgia Oncológica
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: Evaluate the relationship of two proteins, which take part in the same mechanism of cell adhesion, with the cell differentiation degree and TNM staging I and IV in colorectal cancer. METHODS: One-hundred patients (54 men and 46 women), who have received treatment for colorectal cancer, stages I (44) and IV (56), have been studied. Histological cuts of tumor tissue were examined by the immunohistochemical technique as to the expression of E-cadherin and delect in colon cancer (DCC) proteins, being classified as positive whenever it was detected immunoexpression of such proteins in 50% or more tumor cells. RESULTS: For TNM, E-cadherin immunoexpression for stage I: positive in 72.7% and negative in 35.7%; stage IV: positive in 64.3% and negative in 35.7%. For DCC protein: 43.2% positive and 56.8% negative in stage I, and 50% positive and 50% negative in stage IV. Regarding the cell differentiation degree, the immunoexpression of E-cadherin - GI: positive in 70% and negative in 30%; GII: positive in 68.4% and negative in 31.6%; GIII: positive in 63.6% and negative in 36.4%. The immunoexpression of DCC - GI: 40% positive and 60% negative; GII: 46.8% positive and 53.2% negative; GIII: 54.5% positive and 45.5% negative. There was no significant difference among groups. CONCLUSION: The results of this research make it possible to come to the conclusion that there is no relationship between the immunoexpression of E-cadherin and DCC proteins with TNM staging (I and IV) and cell differentiation degree in colorectal cancer.

OBJETIVO: Avaliar a relação de duas proteínas que participam do mecanismo de adesão celular com o grau de diferenciação celular e os estadiamentos TNM (T: tumor, N: linfonodo, M: metástase) I e IV no câncer de cólon e reto. MÉTODOS: Foram estudados cem pacientes (54 homens e 46 mulheres) tratados por adenocarcinoma colorretal, estádios I (44) e IV (56). Os cortes histológicos do tecido tumoral foram examinados por técnica de imuno-histoquímica em relação à imunoexpressão das proteínas caderina-E e delect in colon cancer (DCC), sendo classificados como positivos quando se detectou a imunoexpressão dessas proteínas em 50% ou mais das células tumorais. RESULTADOS: Para o TNM, imunoexpressão da caderina-E estádio I: positiva em 72,7 % e negativa em 35,7% ; estádio IV: positiva em 64,3% e negativa em 35,7%. Proteína DCC: 43,2% positiva e 56,8% negativa no estádio I, e 50% positiva e 50% negativa no estádio IV. Em relação ao grau de diferenciação celular, imunoexpressão da caderina-E - GI: positiva em 70% e negativa em 30%; GII: positiva em 68,4% e 31,6% negativa; GIII: 63,6% positiva e 36,4% negativa. Imunoexpressão da DCC - GI: 40% positiva e 60% negativa; GII: 46,8% positiva e 53,2% negativa; GIII: 54,5% positiva e 45,5% negativa. Não houve diferença significativa entre os grupos. CONCLUSÃO: Os resultados dessa pesquisa permitem concluir que não há relação da imunoexpressão das proteínas caderina-E e DCC com o estadiamento TNM (I e IV) e o grau de diferenciação celular no carcinoma colorretal.
Palavra-chave E-cadherin
DCC
Colon neoplasia
Colon
Rectum
Caderina-E
DCC
Neoplasias do cólon
Cólon
Reto
Idioma Português
Data de publicação 2007-10-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial. Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia, v. 43, n. 5, p. 355-361, 2007.
ISSN 1676-2444 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia
Extensão 355-361
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442007000500008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1676-24442007000500008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3942

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1676-24442007000500008.pdf
Tamanho: 230.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta