Effects of increased intra-abdominal pressure on the healing process after surgical stapling of the stomach of dogs

Effects of increased intra-abdominal pressure on the healing process after surgical stapling of the stomach of dogs

Título alternativo Efeitos da elevação da pressão intra-abdominal e de seu tempo de ação na cicatrização de suturas mecânicas no estômago de cães
Autor Chaves Jr, Nilson Google Scholar
Magalhães, Luciene de Tassis Google Scholar
Colleoni Neto, Ramiro Autor UNIFESP Google Scholar
Del Grande, José Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição University Severino Sombra Medical School
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To assess the initial healing after surgical stapling of the stomach using a linear cutting stapler and creating pneumoperitoneum (12-14 mmHg) for 60 minutes or 120 minutes, and compare it with the healing of a staple line not submitted to increased pressure. METHODS: A total of 30 dogs were divided into three groups of 10 animals each: Group I (control group - surgical stapling), Group II (surgical stapling and increased intra-abdominal pressure for 60 minutes) and Group III (surgical stapling and increased intra-abdominal pressure for 120 minutes). All dogs were maintained under general anesthesia for two hours after surgical stapling. Seven days after surgery, the area around the staple line was macroscopically and microscopically examined. RESULTS: The macroscopic examination of the samples (n = 30) did not show dehiscence, fistula or abscess. Adhesions between the omentum and the staple line were observed in all animals of Groups II and III (n = 20), which were significantly different from Group I (p = 0.008*). The histopathological analysis showed normal healing up to day 7 in the control animals (n = 10). When these results were compared with those of Groups II and III (n = 20), non-parametric tests revealed that there was a significant difference with regard to certain parameters of the early stages of healing, such as fibroblast migration (p = 0.011*), edema (p < 0.001*) and congestion (p = 0.011*). These alterations affected reepithelization (p < 0.001*), and consequently the late stages of healing. CONCLUSIONS: Each group showed different healing stages, and the healing process was delayed in the groups submitted to increased pressure, especially in the group submitted to increased pressure for longer time.

OBJETIVO: Avaliar os efeitos do pneumoperitônio com CO2 sobre a fase inicial da cicatrização (7º dia) de uma sutura gástrica mecânica em cães, com diferentes tempos de aumento da pressão intra-abdominal. MÉTODOS: Trinta cães foram divididos em três grupos e submetidos à laparotomia mediana e realização de uma sutura vertical na grande curvatura gástrica com grampeador linear cortante. Após a síntese abdominal, nos animais dos grupos II e III instalou-se pneumoperitônio com CO2, permanecendo os animais com pressão intra-abdominal entre 12 e 14 mmHg durante 60 minutos (grupo II) e 120 minutos (grupo III). Os animais foram reoperados no 7º dia, para a avaliação macroscópica da cavidade abdominal e da sutura e retirada de um segmento gástrico contendo essa sutura para análise microscópica. RESULTADOS: Na análise macroscópica observamos diferenças em relação a variável aderência, quando se comparou o grupo controle com os animais dos grupos II e III. Na análise microscópica da fase inicial do processo inflamatório as variáveis edema, congestão e reepitelização apresentaram maiores diferenças estatísticas quando comparados o Grupo Controle com os animais que sofreram a ação do pneumoperitônio. Este fenômeno foi mais evidente nos animais que permaneceram sob ação deste evento por período mais longo. CONCLUSÕES: As suturas submetidas ao aumento de pressão por período mais prolongado (120 minutos) apresentaram retardo do processo de cicatrização quando comparadas àquelas que sofreram essa ação por 60 minutos. Esse fato ficou ainda mais evidente quando as variáveis relacionadas ao processo de cicatrização foram comparadas com o grupo que não sofreu ação do pneumoperitônio.
Palavra-chave Pneumoperitoneum, Artificial
Wound Healing
Suture, Techniques
Stomach
Pneumoperitônio Artificial
Cicatrização de Feridas
Técnicas de Sutura
Estômago
Cães
Idioma Inglês
Data de publicação 2007-10-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 22, n. 5, p. 379-386, 2007.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 379-386
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502007000500010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000258573400011
SciELO S0102-86502007000500010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3935

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502007000500010.pdf
Tamanho: 257.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta