A imagem no cinema como choque segundo Walter Benjamin

A imagem no cinema como choque segundo Walter Benjamin

Autor Quintino, Oberdan Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Machado, Francisco De Ambrosis Pinheiro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Filosofia - Guarulhos
Resumo O célebre ensaio “A obra de arte na era de sua reprodutibilidade técnica” de Walter Benjamin salienta a transformação do conceito de obra de arte sob um viés histórico e de produção. Neste sentido, a reprodutibilidade técnica representa uma ruptura com o conceito tradicional de obra de arte quanto aos elementos espaço-temporais que lhe conferem o caráter de obra original e aurática. Nesse contexto, se inserem a fotografia e o cinema que, devido a suas particularidades técnicas, exigem uma nova forma de percepção e recepção da obra de arte, que Benjamin busca caracterizar por meio do conceito de choque. Movimentos de vanguarda do início do século XX, como dadaísmo e surrealismo, exploraram e anteciparam o efeito de choque em suas opções estéticas. Tais fenômenos artísticos se originaram num momento histórico das sociedades modernas industrializadas e de massas, marcado, entre outros, pelo desenvolvimento acelerado da técnica a partir do século XIX e pela crescente penetração desta na vida cotidiana, o que trouxe alterações comportamentais sob vários aspectos, dentre eles a relação entre a experiência individual e coletiva.

The celebrated essay “The work of art in the age of mechanical reproduction” by Walter Benjamin points out the transformation of the concept of work of art under a historical bias, as well as a bias of production. In that sense, the mechanical reproduction represents a break off the traditional concept of work of art as for the space and time elements that give it the character of an original work with aura. The photography and the cinema are inserted in that context due. The technical characteristics of both of them require a new perception and reception of the work of art. Benjamin characterizes that through the concept of shock. Early twentieth-century avant-garde movements as dadaism and surrealism explored and antecipated the shock effect in their aesthetic options. Those artistic phenomena originated in the modern industrialized and mass societies historical moment characterized by the fast development of the technique from the nineteenth century and the increasing penetration of such a technique in daily life, wich brought with them different changes in behavior, as the relationship between the individual experience and collectiv one.
Palavra-chave Walter Benjamin
Filosofia
Fotografia
Cinema
Vanguardas
Experiência
Choque
Walter Benjamin
Philosophy
Photography
Cinema
Avant-garde
Experience
Shock
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2012-11
Publicado em QUINTINO, Oberdan. A imagem no cinema como choque segundo Walter Benjamin. 2012. 130 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Guarulhos, 2012.
Área de concentração Filosofia
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 130 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/39339

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-39339.pdf
Tamanho: 31.66MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta