Cuidados oferecidos pelas creches: percepções de mães e educadoras

Cuidados oferecidos pelas creches: percepções de mães e educadoras

Título alternativo How mothers and educators perceive the care provided by daycare centers
Autor Bógus, Cláudia Maria Google Scholar
Nogueira-Martins, Maria Cezira Fantini Google Scholar
Moraes, Denise Ely Belloto de Autor UNIFESP Google Scholar
Taddei, Jose Augusto de Aguiar Carrazedo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Instituto de Saúde Núcleo de Práticas de Saúde
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: The objectives of this study were to (a) know how mothers of infants (0 to 2 years) perceived the care provided to their children by daycare centers and (b) know how educators perceived their roles in the care provided to infants and their families. METHODS: The quantitative approach to research was used together with the focus group technique. Five focus groups were conducted with mothers and two with educators from public daycare centers of the municipality of São Paulo. RESULTS: Three themes were identified in the material collected from the mothers: family relationship with the daycare center, care provided to the infant by the daycare center and the public policy on daycare. Among educators, the themes were: difficulties in the work routine, relationship with the infant's family, relationship with the coordinators of the daycare facility, professional training and starting a career. CONCLUSION: Since the mothers considered themselves privileged to be able to leave their infants in a free-of-charge daycare facility, they were not very demanding of the quality of care provided to their infants. What they value the most are the aspects associated with feeding, hygiene and administration of medications. Regarding the educators, there are many limitations in their working conditions, especially regarding the shortage of educators. The relationship between the educator and the family is ambiguous: sometimes the educators consider the mothers to be careless and irresponsible and sometimes longing for attention and help. Two issues deserve to be investigated in future researches: the relationship between the daycare centers and the health services and the working conditions of the educators.

OBJETIVOS: Este estudo teve como objetivos: a) conhecer as percepções de mães de crianças de zero a dois anos sobre os cuidados desenvolvidos pelas creches freqüentadas por seus filhos; b) conhecer as percepções das educadoras sobre o seu papel nos cuidados oferecidos às crianças e suas famílias. MÉTODOS: Foi utilizada a abordagem qualitativa de pesquisa, com aplicação da técnica do grupo focal. Foram realizados, em creches da Prefeitura do Município de São Paulo, cinco grupos focais com mães e dois com educadoras. RESULTADOS: No material obtido com as mães, foram identificados três eixos temáticos: relações da família com a creche; cuidados prestados à criança pela creche; creche enquanto política pública. Nos grupos das educadoras, os eixos foram: dificuldades dentro das rotinas de trabalho; relação educadora-família; relações com a coordenação da creche; inserção e capacitação profissional. CONCLUSÃO: As mães, por se considerarem privilegiadas em terem acesso às creches, apresentam baixa exigência com relação aos cuidados prestados. O que mais valorizam são os aspectos relacionados com alimentação, higiene e administração de medicamentos. Quanto às educadoras, há grandes limitações quanto às suas condições de trabalho, principalmente no que diz respeito ao pequeno número de profissionais. A relação educadora-família é ambígua: as educadoras ora consideram as mães omissas e irresponsáveis ora as consideram carentes e necessitadas de ajuda. São recomendadas futuras pesquisas sobre dois temas: a relação entre as creches e os serviços de saúde e as condições de trabalho das educadoras.
Palavra-chave child day care centers
child rearing
food habits
child guidance
public policy
creches
educação infantil
hábitos alimentares
orientação infantil
política social
Idioma Português
Data de publicação 2007-10-01
Publicado em BÓGUS, Cláudia Maria; NOGUEIRA-MARTINS, Maria Cezira Fantini; MORAES, Denise Ely Belloto de e TADDEI, José Augusto de Aguiar Carrazedo. Cuidados oferecidos pelas creches: percepções de mães e educadoras. Rev. Nutr. [online]. 2007, vol.20, n.5, pp.499-514
ISSN 1415-5273 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Extensão 499-514
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732007000500006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000254536500006
SciELO S1415-52732007000500006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3931

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1415-52732007000500006.pdf
Tamanho: 130.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta