Efeitos benéficos do exercício físico nas epilepsias: o judô faz parte deste contexto?

Efeitos benéficos do exercício físico nas epilepsias: o judô faz parte deste contexto?

Título alternativo Positive effects of physical exercise in epilepsy: does judo part of this context?
Autor Vieira, Douglas E. Autor UNIFESP Google Scholar
Scorza, Fulvio Alexandre Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Antonio Carlos da Autor UNIFESP Google Scholar
Andrade, Marilia dos Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Cavalheiro, Esper Abrão Autor UNIFESP Google Scholar
Albuquerque, Marly de Autor UNIFESP Google Scholar
Arida, Ricardo Mario Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Bandeirante de São Paulo
Universidade de Mogi das Cruzes Faculdade de Medicina Núcleo de Pesquisas Tecnológicas
Resumo INTRODUCTION: Persons with epilepsy have previously been discouraged from participation in physical activity and sports for fear of inducing seizures or increasing seizure frequency. Despite a shift in medical recommendations toward encouraging rather than restricting participation, the stigma remains and persons with epilepsy continue to be less active than the general population. OBJECTIVES: In these lines, several clinical and experimental studies have demonstrated a positive effect of physical exercise on epilepsy. Judo is a traditional and popular sport and people with epilepsy often ask physicians whether they may engage in this sport. CONCLUSIONS: Based on this, our review article is designed to show the risks and benefits of physical activity in patients with epilepsy and discusses the role of judo in this context.

INTRODUÇÃO: Pessoas com epilepsia tem sido constantemente desaconselhadas a participarem de atividades físicas ou esportivas por receio do exercício provocar crises epilépticas. Apesar da atitude médica atual recomendando a participação em atividades esportivas, o estigma ainda persiste e as pessoas com epilepsia continuam menos ativas que a população em geral. OBJETIVOS: Neste sentido, vários estudos clínicos e experimentais têm demonstrado um efeito benéfico do exercício físico na epilepsia. O judô é um esporte tradicional e popular e pessoas com epilepsia freqüentemente perguntam aos médicos se podem participar deste tipo de esporte. CONCLUSÃO: Baseado nestas questões, este artigo de revisão propõe avaliar os riscos e benefícios da atividade física em pessoas com epilepsia e discutir o papel do judô neste contexto.
Assunto epilepsy
physical activity
seizure
judo
epilepsia
atividade física
crises epilépticas
judô
Idioma Português
Data 2007-09-01
Publicado em Journal of Epilepsy and Clinical Neurophysiology. Liga Brasileira de Epilepsia (LBE), v. 13, n. 3, p. 131-136, 2007.
ISSN 1676-2649 (Sherpa/Romeo)
Editor Liga Brasileira de Epilepsia (LBE)
Extensão 131-136
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1676-26492007000300008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1676-26492007000300008 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3918

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1676-26492007000300008.pdf
Tamanho: 97.94Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)