Quality of life scale in parkinson's disease PDQ-39 - (Brazilian Portuguese version) to assess patients with and without levodopa motor fluctuation

Quality of life scale in parkinson's disease PDQ-39 - (Brazilian Portuguese version) to assess patients with and without levodopa motor fluctuation

Título alternativo Escala para qualidade de vida na doença de Parkinson - PDQ 39 (versão do Português falado no Brasil) como instrumento para avaliação de pacientes com e sem flutuação motora decorrente da levodopa
Autor Souza, Renata Guzzo Autor UNIFESP Google Scholar
Borges, Vanderci Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Sonia Maria Cesar De Azevedo Autor UNIFESP Google Scholar
Ferraz, Henrique Ballalai Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Quality of life (QoL) is an important treatment outcome indicator in Parkinson's disease (PD). The aim of this study is to assess the usefulness of the Parkinson's disease questionnaire - PDQ-39 (Brazilian Portuguese Version) in measuring QoL of PD patients with or without motor fluctuations. Fifty-six PD patients with mean disease duration of 7.4 years were assessed and 41 of them (73.3%) had motor fluctuations. The PDQ-39 has eight dimensions ranging from 0 to 100; being the higher the score, the worse the QoL. Comparing groups with and without motor fluctuations showed that the dimensions mobility, activities of daily living (ADL), communication and bodily discomfort scored higher in the fluctuating group. There was a tendency to see that the higher the Hoehn and Yahr (HY) scale stages, the higher the PDQ-39 scores. Patients suffering from the disease for more than five years had worse PDQ-39 scores only in the items ADL and communication, when compared with those with the disease for < 5 years. The PDQ-39 is an instrument that detects decrease in QoL of PD patients and the presence of motor fluctuations predicts QoL reduction.

A qualidade de vida (QdV) é um item importante para se mensurar o sucesso do tratamento na doença de Parkinson (DP). O objetivo deste estudo foi o de avaliar a utilidade do questionário sobre a doença de Parkinson - PDQ-39 (versão em língua portuguesa falada no Brasil) para mensurar a QdV dos pacientes parkinsonianos com e sem flutuação motora. Nós avaliamos 56 pacientes com DP com tempo médio da doença de 7,4 anos, e destes 41 (73,3%) apresentavam flutuação motora. A PDQ-39 tem oito domínios que variam de 0 a 100 e quanto maior o escore pior a QdV. A comparação dos grupos de pacientes com e sem flutuação motora mostrou que os domínios: mobilidade, atividades de vida diária, comunicação e desconforto corporal tinham escores maiores nos flutuadores. Quanto maiores os estágios de Hoehn e Yahr (HY) da doença, maiores os escores da PDQ-39. Pacientes com mais de 5 anos de evolução da doença mostraram escores piores da PDQ39 apenas nos itens atividades da vida diária e comunicação se comparados a pacientes com 5 anos ou menos de doença. A PDQ-39 é um instrumento capaz de detectar declínio da QdV de pacientes com DP e a presença de flutuação motora é um preditor para redução na QdV.
Palavra-chave Parkinson's disease
quality of life
psychomotor performance
levodopa
doença de Parkinson
qualidade de vida
desempenho psicomotor
levodopa
Idioma Inglês
Data de publicação 2007-09-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 65, n. 3b, p. 787-791, 2007.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 787-791
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2007000500010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X2007000500010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3914

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X2007000500010.pdf
Tamanho: 185.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta