Patologias do compartimento iliopsoas: avaliação radiológica

Patologias do compartimento iliopsoas: avaliação radiológica

Título alternativo Iliopsoas compartment lesions: a radiological evaluation
Autor Leão, Alberto Ribeiro de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Amaral, Raquel Portugal Guimarães Autor UNIFESP Google Scholar
Abud, Thiago Giansante Autor UNIFESP Google Scholar
Demarchi, Guilherme Tadeu Sauaia Autor UNIFESP Google Scholar
Freire Filho, Edison de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Novack, Paulo Rogério Autor UNIFESP Google Scholar
Campos, Flavio do Amaral Autor UNIFESP Google Scholar
Santos, José Eduardo Mourão Autor UNIFESP Google Scholar
Shigueoka, David Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Fernandes, Artur da Rocha Correa Autor UNIFESP Google Scholar
Szejnfeld, Jacob Autor UNIFESP Google Scholar
D'Ippolito, Giuseppe Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The iliopsoas compartment, a posterior boundary of the retroperitoneum, is comprised of the psoas major, psoas minor and iliac muscles. The symptoms picture in patients presenting with pathological involvement of this compartment may show a wide range of nonspecific clinical presentations that may lead to delayed diagnosis. However, in the search of an etiological diagnosis, it is already known that inflammation, tumors, and hemorrhages account for almost all the lesions affecting the iliopsoas compartment. By means of a retrospective analysis of radiological studies in patients with iliopsoas compartment lesions whose diagnosis was confirmed by anatomopathological evaluation or clinical follow-up, we have reviewed its anatomy as well as the main forms of involvement, with the purpose of identifying radiological signs that may help to narrow down the potential differential diagnoses. As each lesion is approached we will discuss the main radiological findings such as presence of gas in pyogenic abscesses, bone destruction and other bone changes of vertebral bodies in lesions secondary to tuberculosis, involvement of fascial planes in cases of neoplasms, and differences in signal density and intensity of hematomas secondary to hemoglobin degradation, among others. So, we have tried to present cases depicting the most frequent lesions involving the iliopsoas compartment, with emphasis on those signs that can lead us to a more specific etiological diagnosis.

Limite posterior do retroperitônio, o compartimento iliopsoas localiza-se externamente ao mesmo, sendo composto dos músculos psoas maior, psoas menor e ilíaco. O quadro de sintomas dos pacientes com acometimento patológico deste compartimento é amplo e inespecífico, podendo haver importante atraso no diagnóstico. Entretanto, na busca do diagnóstico etiológico das alterações do compartimento iliopsoas, sabemos que as infecções, os tumores e as hemorragias respondem pela quase totalidade das lesões. Por meio da avaliação retrospectiva de exames radiológicos de pacientes com patologias do iliopsoas e que tiveram o diagnóstico confirmado por exame anatomopatológico ou acompanhamento clínico, revisamos a anatomia deste compartimento, assim como as suas principais formas de acometimento, identificando sinais que auxiliem na diferenciação dos potenciais diagnósticos diferenciais. Na abordagem de cada patologia discutiremos os principais sinais radiológicos, como a presença de gás em abscessos piogênicos, alterações ósseas em corpos vertebrais nas lesões secundárias a tuberculose, comprometimento dos planos fasciais nas lesões tumorais e diferenças na densidade e intensidade de sinal dos hematomas nas diferentes fases de degradação da hemoglobina, entre outros. Dessa forma, procuramos apresentar casos que exemplifiquem as doenças mais freqüentes do compartimento iliopsoas, destacando a importância dos seus diferentes sinais, aproximando-nos de um diagnóstico etiológico específico.
Palavra-chave Iliopsoas muscle
Psoas muscle
Computed tomography
Abscesses
Neoplasms
Músculo iliopsoas
Músculo psoas
Tomografia computadorizada
Abscessos
Neoplasias
Idioma Português
Data de publicação 2007-08-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 40, n. 4, p. 267-272, 2007.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 267-272
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842007000400013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842007000400013 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3840

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-39842007000400013.pdf
Tamanho: 549.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta