Os ruídos encontrados na construção de um modelo democrático e participativo de gestão hospitalar

Os ruídos encontrados na construção de um modelo democrático e participativo de gestão hospitalar

Título alternativo Obstacles found in the construction of a democratic and participatory hospital management model
Autor Bernardes, Andrea Google Scholar
Cecilio, Luiz Carlos de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Nakao, Janete R. S. Google Scholar
Évora, Yolanda D. Martinez Google Scholar
Instituição Centro Universitário Barão de Mauá Departamento de Enfermagem
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo A path leading to management modernization is based on an approach stressing dialog and discussions of the construction of a healthcare enhancement project whose main characteristic is its emphasis on joint management concepts at all levels. This paper assesses almost ten years of management by committee in a public hospital in Rio de Janeiro State, Brazil, seeking impacts on its micro-policies. The intention is to identify and analyze how the nursing staff experienced the implantation of this management model in the hospital. Empirical matters were analyzed at two levels: initially the comments of the players were grouped into themes, followed by cross-theme readings that analyzed the concept of noise. The remarks made by the respondents indicated that this noise functions within the organization, demonstrating that the selected management process and the manner in which it was conducted are not sufficient to penetrate and intervene in institutional micro-policies, leaving gaps between the proposals set forth by this management model and the real situation of the workers.

Um caminho para a modernização gerencial tem se pautado na perspectiva mais dialógica em torno da construção de um projeto de qualificação da assistência que tem como característica importante a ênfase na gestão colegiada em todos os níveis, a partir do conceito de co-gestão. O estudo visa avaliar quase dez anos de adoção do modelo colegiado de gestão em um hospital público do estado do Rio de Janeiro, buscando caracterizar se houve algum impacto na sua micropolítica. O objetivo da pesquisa é identificar e analisar como a equipe de enfermagem viveu a implantação do modelo de gestão colegiada neste hospital. O material empírico recebeu dois níveis de tratamento analítico. Primeiramente, foi feito um agrupamento das falas dos atores em blocos temáticos. Já o segundo nível analítico foi feito através de uma leitura transversalizada dos temas anteriores, tendo como condutor da leitura o conceito de ruído. Notamos pelas falas dos entrevistados que estes ruídos operam no interior da organização, demonstrando que o processo gerencial adotado, da forma como vem sendo conduzido, é insuficiente para conseguir adentrar e intervir sobre a micropolítica institucional, deixando lacunas entre o que propõe o modelo de gestão colegiada e a realidade vivenciada pelos trabalhadores.
Palavra-chave Joint management
Democratic and participatory management
Management by committee
Gestão colegiada
Gestão democrática e participativa
Colegiado de gestão
Idioma Português
Data de publicação 2007-08-01
Publicado em Ciência & Saúde Coletiva. ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva, v. 12, n. 4, p. 861-870, 2007.
ISSN 1413-8123 (Sherpa/Romeo)
Publicador ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Extensão 861-870
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232007000400008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1413-81232007000400008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3811

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1413-81232007000400008.pdf
Tamanho: 51.29KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta