Reabilitação vestibular em idosos com tontura

Reabilitação vestibular em idosos com tontura

Título alternativo Vestibular rehabilitation in elderly patients with dizziness
Autor Zanardini, Francisco Halilla Google Scholar
Zeigelboim, Bianca Simone Autor UNIFESP Google Scholar
Jurkiewicz, Ari Leon Autor UNIFESP Google Scholar
Marques, Jair Mendes Google Scholar
Martins-bassetto, Jackeline Google Scholar
Instituição Universidade Tuiuti Faculdade Integrada Espírita
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Tuiuti Programa de Mestrado em Distúrbios da Comunicação
Universidade Tuiuti Programa de Mestrado
Universidade Federal do Paraná
Universidade Tuiuti
Resumo BACKGROND: the aging of the population is a natural process and is manifested by a decline in the functions of several organs. Vestibular rehabilitation (VR) is a therapeutic process that seeks to promote a significant reduction in the symptoms of the labyrinth. AIM: to verify the benefits of VR exercises through the application of the Dizziness Handicap Inventory (DHI) questionnaire - Brazilian version - pre and post rehabilitation. METHOD: participants of this study were eight elderly patients with dizziness, ages between 63 and 82 years, three male and five female. The following procedures were carried out: medical history, otologic inspection, vestibular evaluation with vectoelectronystagmography (VENG), application of the DHI questionnaire and of the Cawthorne (1944) and Cooksey (1946) VR exercises. RESULTS: regarding the auditory and vestibular complaints which were referred to in the medical history, the following was observed: presence of tinnitus, hearing loss, postural vertigo and of unbalance. In the evaluation of the vestibular function alterations were observed for all of the participants, mainly in the caloric test, with a prevalence of unilateral and bilateral hypofunction. In the vestibular exam the following was observed: three cases of unilateral peripheral vestibular deficit syndrome, three cases of bilateral peripheral vestibular deficit syndrome, one case of bilateral central vestibular deficit syndrome and one case of irritating bilateral central vestibular syndrome. There was a statistically significant improvement of the following aspects after VR: physical (p=0.00413), functional (p=0.00006) and emotional (p=0.03268). CONCLUSION: the VR protocol favored the improvement of life quality of the participants and was of assistance in the process of vestibular compensation.

TEMA: o envelhecimento populacional é um processo natural, manifesta-se por um declínio das funções de diversos órgãos. A reabilitação vestibular (RV) é um processo terapêutico que visa promover a redução significativa dos sintomas labirínticos. OBJETIVO: verificar os benefícios dos exercícios de RV por meio da avaliação pré e pós-aplicação do questionário Dizziness Handicap Inventory (DHI) - adaptação brasileira. MÉTODO: participaram deste estudo oito idosos com queixa de tontura, na faixa etária de 63 a 82 anos, três do sexo masculino e cinco do sexo feminino. Realizaram-se os seguintes procedimentos: anamnese, inspeção otológica, avaliação vestibular por meio da vectoeletronistagmografia (VENG), aplicação do questionário DHI e dos exercícios de RV de Cawthorne (1944) e Cooksey (1946). RESULTADOS: com relação as queixas auditivas e vestibulares, observou-se a incidência do zumbido, da hipoacusia, da vertigem postural e do desequilíbrio; na avaliação da função vestibular, constataram-se alterações em todos os idosos; as alterações foram na sua maioria na prova calórica com predomínio da hiporreflexia uni e bilateral; constataram-se, no exame vestibular, três casos de síndrome vestibular periférica deficitária unilateral, três casos de síndrome vestibular periférica deficitária bilateral, um caso de síndrome vestibular central deficitária bilateral e um caso de síndrome vestibular central irritativa bilateral; houve melhora significativa dos aspectos físico (p = 0,00413), funcional (p = 0,00006) e emocional (p = 0,03268) após a realização dos exercícios de RV. CONCLUSÃO: o protocolo utilizado de RV promoveu melhora na qualidade de vida dos idosos e auxiliou no processo de compensação vestibular.
Palavra-chave Vestibular Diseases
Rehabilitation
Vestibular Function Tests
Elderly
Doenças Vestibulares
Reabilitação
Testes de Função Vestibular
Idoso
Idioma Português
Data de publicação 2007-06-01
Publicado em Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 19, n. 2, p. 177-184, 2007.
ISSN 0104-5687 (Sherpa/Romeo)
Publicador Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Extensão 177-184
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872007000200006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-56872007000200006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3785

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-56872007000200006.pdf
Tamanho: 82.69KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta