Audiometria de reforço visual com diferentes estímulos sonoros em crianças

Show simple item record

dc.contributor.author Vieira, Eliara Pinto [UNIFESP]
dc.contributor.author Azevedo, Marisa Frasson de [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-06-14T13:36:59Z
dc.date.available 2015-06-14T13:36:59Z
dc.date.issued 2007-06-01
dc.identifier http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872007000200007
dc.identifier.citation Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 19, n. 2, p. 185-194, 2007.
dc.identifier.issn 0104-5687
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3783
dc.description.abstract BACKGROND: hearing evaluation in children. AIM: to verify the Minimum Response Levels (MRL) through the use of Visual Reinforcement Audiometry (VRA) in the sound field, in 50 normal hearing children and in 25 children with hearing loss, taking into account the following variables: side of sound presentation, gender, age and type of stimulus. METHOD: VRA was performed using pure tone frequency modulation (warble) and the Sonar System. The modulated tones were produced by the Pediatric Audiometer, in the frequencies of 500, 1000, 2000 and 4000Hz and at the intensities of 80, 60, 40 and 20dBNA. The modulated tones were presented in a decreasing sequence of intensity and by using the stimulus-reply-visual reinforcement conditioning. The assessment procedure and analysis of response were the same when using the stimuli of the Sonar System. However, on this occasion, a sound amplification box was used. Each loudspeaker with the visual reinforcement was positioned approximately at 90º azimuth to the right and the left of the child, and at a distance of approximately 50 cm. Visual reinforcement was an illuminated clown. RESULTS: no statistically significant difference was found between the MNL and the side of sound presentation. The MRL at 500Hz and 2000Hz, when using the Sonar System, were lower for normal hearing males. In this group, there was a decrease in the MRL with the increase in age for both stimuli. When comparing the MRL with two stimuli, there was a statistically significant difference in favor of the Sonar System, but only for the group of normal hearing children below two years of age. CONCLUSION: the MRL decrease with age independently of the stimulus and are lower when using the Sonar System. For the group of children with hearing loss no significant difference was found for any of the studied variables. en
dc.description.abstract TEMA: avaliação auditiva infantil. OBJETIVO: verificar os Níveis Mínimos de Resposta (NMR) por meio de Audiometria de Reforço Visual (ARV) em campo livre, em 50 crianças ouvintes e 25 deficientes auditivas, considerando as variáveis: lado de apresentação sonora, sexo, idade e tipo de estímulo. MÉTODO: realizou-se ARV com tons puros modulados em freqüência (warble) e com estímulos do Sistema Sonar nas crianças selecionadas. Os tons modulados foram produzidos pelo Audiômetro Pediátrico, nas freqüências de 500, 1000, 2000 e 4000Hz e nas intensidades de 80, 60, 40 e 20dBNA. Sendo estes apresentados em ordem decrescente de intensidade e utilizando o condicionamento estímulo-resposta-reforço visual. Utilizando os estímulos Sistema Sonar, o procedimento de avaliação e a apreciação das respostas foram os mesmos, porém para a apresentação destes foi utilizada uma caixa de amplificação sonora. Cada alto-falante com o reforço visual foi posicionado a aproximadamente a 90 azimute à direita e à esquerda da criança, em uma distância de aproximadamente 50cm. O reforço visual usado foi um palhaço iluminado. RESULTADOS: não houve diferença estatisticamente significante entre MNR em relação ao lado de apresentação. Os NMRs em 500 e 2000Hz do Sistema Sonar, foram menores no sexo masculino nos ouvintes. Neste grupo houve diminuição dos NMR com aumento da idade, para ambos estímulos. Ao comparar NMRs com dois estímulos houve diferença estatisticamente significante a favor do Sistema Sonar apenas para ouvintes com menos de dois anos. CONCLUSÃO: em ouvintes os NMRs reduzem com avanço da idade independente do estímulo e são inferiores com o Sistema Sonar. Nas deficientes auditivas não houve diferença significativa em relação a nenhuma variável estudada. pt
dc.format.extent 185-194
dc.language.iso por
dc.publisher Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
dc.relation.ispartof Pró-Fono Revista de Atualização Científica
dc.rights Acesso aberto
dc.subject Hearing en
dc.subject Children en
dc.subject Hearing Tests en
dc.subject Audição pt
dc.subject Criança pt
dc.subject Testes Auditivos pt
dc.title Audiometria de reforço visual com diferentes estímulos sonoros em crianças pt
dc.title.alternative Visual reinforcement audiometry with different sound stimuli in children en
dc.type Artigo
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.description.affiliation Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) Escola Paulista de Medicina
dc.description.affiliation Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) Departamento de Fonoaudiologia Núcleo Integrado de Atendimento, Pesquisa e Ensino em Audição
dc.description.affiliation Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) Departamento de Fonoaudiologia
dc.description.affiliationUnifesp UNIFESP, EPM
dc.description.affiliationUnifesp UNIFESP, Depto. de Fonoaudiologia Núcleo Integrado de Atendimento, Pesquisa e Ensino em Audição
dc.description.affiliationUnifesp UNIFESP, Depto. de Fonoaudiologia
dc.identifier.file S0104-56872007000200007.pdf
dc.identifier.scielo S0104-56872007000200007
dc.identifier.doi 10.1590/S0104-56872007000200007
dc.description.source SciELO



File

Name: S0104-56872007000200007.pdf
Size: 71.12Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account