Avaliação de risco de úlcera por pressão: propriedades de medida da versão em português da escala de Waterlow

Avaliação de risco de úlcera por pressão: propriedades de medida da versão em português da escala de Waterlow

Título alternativo Pressure ulcer risk assessment: sensitivity and specificity properties of the portuguese version of Waterlow scale
Evaluación de riesgo de úlcera por decúbito: propiedades de medida de la escala de Waterlow en el idioma portugués
Autor Rocha, Alessandra Bongiovani Lima Google Scholar
Barros, Sonia Maria Oliveira de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição CUSC
UNINOVE
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the sensitivity and specificity properties of Portuguese version of the Waterlow scale. METHODS: Field test of the scale among forty-four patients admitted to medical units in over sized university hospital for a period of 15 days. RESULTS: Patients who developed pressure ulcer had higher scores on the Waterlow scale than those without PU (18.1±3.4 and 12.8±5.4, p<0.001, respectively). Stepwise logistic regression indicated that skin type and appetite were significant predictors for the development of PU. The ROC curve analysis showed that score of 15 suggest the best combination of sensitivity and specificity, 87% and 76%, respectively. CONCLUSION: The results suggest that the Portuguese version of the Waterlow scale was an accurate and effective tool to predict the development of pressure ulcer in patients admitted to medical surgical units.

OBJETIVO: Esta investigación tuvo como objetivo conocer los índices de especificidad y sensibilidad de la versión adaptada al idioma portugués de la escala de Waterlow. MÉTODOS: Aplicación clínica de la escala adaptada para evaluar prospectivamente a 44 pacientes, por 15 días consecutivos, en unidades clínicas de un hospital universitario de extra porte. RESULTADOS: Los pacientes que desarrollaron úlcera por decúbito presentaron escores mayores que aquellos sin la lesión; 18,1±3,4 y 12,8±5,4 (p<0.001), respectivamente. Por intermedio de la regresión logística, el método Stepwise demostró que los escores para el tipo de piel y apetito fueron significativos para predecir el desarrollo de úlcera por decúbito. El análisis de la curva ROC mostró que el escore 15 obtuvo los mejores índices de sensibilidad y especificidad, el 87% y 76%, respectivamente. CONCLUSIÓN: Los resultados demostraron que la escala de Waterlow adaptada al idioma portugués fue un instrumento preciso y eficaz para predecir el desarrollo de úlceras por decúbito en la población del estudio.

OBJETIVO: Esta pesquisa teve como objetivo conhecer os índices de especificidade e sensibilidade da versão adaptada à língua portuguesa da escala de Waterlow. MÉTODOS: Aplicação clínica da escala adaptada para avaliar prospectivamente 44 pacientes, por 15 dias consecutivos, em unidades clínicas de um hospital universitário de porte extra. RESULTADOS: Os pacientes que desenvolveram úlcera por pressão apresentaram escores maiores do que aqueles sem a lesão; 18,1±3,4 e 12,8±5,4 (p<0.001), respectivamente. Por intermédio da regressão logística, o método Stepwise demonstrou que os escores para tipo de pele e apetite foram significantes para predizer o desenvolvimento de úlcera por pressão. A análise da curva ROC mostrou que o escore 15 obteve os melhores índices de sensibilidade e especificidade, 87% e 76%, respectivamente. CONCLUSÃO: Os resultados demonstraram que a escala de Waterlow adaptada à língua portuguesa foi um instrumento preciso e eficaz para predizer o desenvolvimento de úlceras por pressão na população do estudo.
Palavra-chave Pressure ulcer
Risk assessment
Nursing assessment
Úlcera de pressão
Medição de risco
Avaliação em enfermagem
Idioma Português
Data de publicação 2007-06-01
Publicado em Acta Paulista de Enfermagem. Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), v. 20, n. 2, p. 143-150, 2007.
ISSN 0103-2100 (Sherpa/Romeo)
Publicador Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 143-150
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002007000200006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0103-21002007000200006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3757

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-21002007000200006.pdf
Tamanho: 200.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta