Candidúria: uma abordagem clínica e terapêutica

Candidúria: uma abordagem clínica e terapêutica

Título alternativo Candiduria: a clinical and therapeutic approach
Autor Colombo, Arnaldo Lopes Autor UNIFESP Google Scholar
Guimarães, Thaís Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo
Resumo Candiduria remains a controversial issue for clinicians once that it may represent a broad variety of possibilities including colonization, local or systemic infection. We will discuss the epidemiology, diagnosis and treatment of candiduria in different settings of patients, including renal transplant recipients. Definitions on therapy are mostly based on epidemiological and clinical data. Once antifungal therapy is required the following antifungal treatment may be used: intravenous amphotericin B, bladder irrigation with amphotericin B or fluconazole. Blood cultures may be required in patients with candiduria and high risk for developing hematogenous infection. Removal of the urinary catheter must be considered in order to avoid persistent candiduria and recurrence.

O achado laboratorial de candidúria traz dilemas em relação a sua interpretação visto que pode refletir uma amplitude de possibilidades clínicas, incluindo colonização, infecção urinária alta ou doença sistêmica por Candida spp. Neste artigo, abordaremos a epidemiologia, o diagnóstico e a terapêutica da candidúria em diversos cenários clínicos, incluindo pacientes transplantados renais. De forma prática e para efeito de abordagem terapêutica, a interpretação do achado de candidúria é baseada na presença de dados clínicos e epidemiológicos Quando necessária, a terapêutica antifúngica para os casos de candidúria pode ser realizada com: anfotericina B sistêmica, anfotericina B tópica (irrigação vesical) ou fluconazol. A coleta de hemoculturas deve ser indicada em pacientes com candidúria sob risco para desenvolvimento de candidíase hematogênica. A retirada da sonda vesical de demora deve ser considerada sempre que possível, pois reduz a possibilidade de persistência ou recorrência da infecção urinária por Candida spp.
Palavra-chave candiduria
Nosocomial infection
Antifungal drugs
Candida
Candidúria
Infecção hospitalar
Antifúngicos
Candida
Idioma Português
Data de publicação 2007-06-01
Publicado em Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical. Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT, v. 40, n. 3, p. 332-337, 2007.
ISSN 0037-8682 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Medicina Tropical - SBMT
Extensão 332-337
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822007000300016
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0037-86822007000300016 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3720

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0037-86822007000300016.pdf
Tamanho: 176.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta