Malária no Estado do Amapá, Brasil, de 1970 a 2003: trajetória e controle

Malária no Estado do Amapá, Brasil, de 1970 a 2003: trajetória e controle

Título alternativo Malaria in Amapá State, Brazil, 1970-2003: background and control
Autor Cardoso, Rosilene Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Goldenberg, Paulete Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Secretaria de Estado da Saúde do Amapá
Instituto Macapaense de Ensino Superior
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The present study aims to describe malaria occurrence from 1970 to 2003 in the State of Amapá, Brazil. With positive films obtained from health agencies, temporal series on the annual parasite incidence - API (per 1,000 inhabitants) were elaborated, taking into account population data available from the Brazilian Institute of Geography and Statistics. The results showed an increase in API values, although non-linear, related to the rapid population growth associated with regional economic and social development during the period, ranging from 15.1 in 1970 to 74.0 in 2000. Reversing this trend, a decrease appeared from 2001 onward, reaching a reduction of 50% in 2002. The results showed an increase in API values from 1970 to 2000, consistent with the incidence profile for malaria occurrence in the Amazon. A reduction in API was observed by 2002, reaching the goals set by the current control program.

O presente estudo tem por objetivo dimensionar a ocorrência de malária no Estado do Amapá, Brasil, no período de 1970 a 2003. Com dados de lâminas positivas, obtidos junto a agências de informações em saúde, foi construída uma série temporal de índice parasitário anual (IPA), por mil habitantes, considerando as informações de população obtidas junto ao Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. No contexto de um intenso incremento populacional, associado ao desenvolvimento regional, os resultados evidenciaram um aumento no período - não linear - dos valores de IPA, que passaram de 15,1 , em 1970, para 74 no ano 2000. No reverso desse movimento, em meio aos esforços de controle da doença, observa-se uma queda desses valores a partir de 2001, que alcança a ordem prevista de 50% em 2002. Acompanhando o movimento de incidência parasitária anual da malária na Amazônia, esses resultados apontaram para o aumento dos valores do IPA no período de 1970 a 2000, observando-se uma redução nos anos subseqüentes, cumprindo com as metas estabelecidas sob o programa vigente de controle da malária no Estado.
Palavra-chave Malaria
Communicable Disease Control
Incidence
Malária
Controle de Doenças Transmissíveis
Incidência
Idioma Português
Data de publicação 2007-06-01
Publicado em Cadernos de Saúde Pública. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, v. 23, n. 6, p. 1339-1348, 2007.
ISSN 0102-311X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Extensão 1339-1348
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2007000600009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000253805700009
SciELO S0102-311X2007000600009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3713

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-311X2007000600009.pdf
Tamanho: 141.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta