Compreensão do termo de consentimento informado

Compreensão do termo de consentimento informado

Título alternativo Informed consent comprehension
Autor Biondo-simões, Maria De Lourdes Pessole Autor UNIFESP Google Scholar
Martynetz, Juliano Google Scholar
Ueda, Fernanda Matie Kinoshita Google Scholar
Olandoski, Márcia Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
PUCPR
Universidade Federal do Paraná Departamento de Cirurgia
Resumo BACKGROUND: Informed consent is compulsory in professional practice and research studies involving human beings. It represents respect to autonomy. This study aims at identifying the degree of understanding displayed by individuals who participate in research studies or treatment. METHODS: An informed concent form was prepared and written in a clear and comprehensible language, with a Flesch Reading Ease Score of 95, and thus classified as very easy. Age, schooling, readership frequency, access to information and to the Internet, and family income were analyzed as factors bearing on comprehension of free and informed consent. RESULTS: Even though the form was prepared to result in a comprehension score of 9 and 10, the score observed was 7.5 ± 1.62 and was not related to age or gender. Schooling level was seen to affect comprehension (p=0.0013) as well as readership frequency (p=0.0001) and access to the Internet (p=0.0070). The income level analysis revealed that individuals who earn more than 10 times the minimum wage showed better comprehension (p=0.0041). CONCLUSION: It can be concluded that individuals participating in research studies should be chosen among those with better schooling, frequent readership, easy access to the Internet, and within a higher income bracket. In medical practice, each patient's condition should be observed, their comprehension limitations understood, and the informed consent form should be read on a one-to-one basis, and all the details and implications should be clearly explained.

OBJETIVO: O termo de consentimento informado é uma obrigação para o exercício profissional e para a pesquisa envolvendo seres humanos. Representa o respeito à autonomia. Este estudo teve por objetivo reconhecer o grau de entendimento dos indivíduos que participam de uma pesquisa ou de um tratamento. MÉTODOS: Um termo de consentimento foi preparado com linguagem potencialmente clara e acessível, com índice de facilidade de leitura de Flesch igual a 95, o que o classificou como muito fácil. Foram analisados dados como idade, grau de escolaridade, hábito de leitura, meios de acesso à informação e internet e renda familiar, como fatores que modificam o entendimento do consentimento livre e esclarecido. RESULTADOS: Apesar do termo ter sido preparado para atingir pontuação de acerto entre 9 e 10, observou-se que ele atingiu 7,5 ± 1,62 e não esteve relacionado à idade ou ao sexo. O nível de escolaridade influenciou a capacidade de entendimento (p=0,0013), bem como o hábito de leitura (p=0,0001) e o acesso à Internet (p=0,0070). A análise de ganho mostrou que os que ganham mais de dez salários mínimos são os que compreendem melhor (p=0,0041). CONCLUSÃO: Pode-se admitir que os sujeitos para pesquisa devem ser aqueles com melhor nível de escolaridade, com habitualidade para a leitura, com facilidade de acesso à internet e os que têm melhor faixa salarial. Na prática médica, observar a condição de cada um dos doentes, entender as suas limitações de compreensão, ler junto com eles, um à um, explicando todos os pontos.
Palavra-chave Informed consent
Consent forms
Consentimento esclarecido
Termos de consentimento
Idioma Português
Data de publicação 2007-06-01
Publicado em Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 34, n. 3, p. 183-188, 2007.
ISSN 0100-6991 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Extensão 183-188
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912007000300009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-69912007000300009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3709

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-69912007000300009.pdf
Tamanho: 134.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta