Epidemiological findings of ocular trauma in childhood

Epidemiological findings of ocular trauma in childhood

Título alternativo Achados epidemiológicos do trauma ocular na infância
Autor Cariello, Angelino Julio Autor UNIFESP Google Scholar
Moraes, Nilva Simerem Bueno Autor UNIFESP Google Scholar
Mitne, Somaia Autor UNIFESP Google Scholar
Oita, Celina Shizuka Autor UNIFESP Google Scholar
Fontes, Bruno Machado Autor UNIFESP Google Scholar
Melo Jr, Luiz Alberto Soares Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To describe epidemiological findings of ocular trauma in childhood in an emergency unit. METHODS: A retrospective study was carried out including patients under 16 years old who were treated for ocular trauma at the emergency unit of the Federal University of São Paulo from September 2001 to September 2004. Age, sex, involved eye, place, circumstance and mechanism of injury, initial visual acuity and immediate management were recorded. RESULTS: A total of 273 patients were included in the study. The age group comprising most cases was 7 to 10 years (39.9%). The most frequent cause of ocular injury was traumatism by external agents like stone, iron and wood objects (27.9%). The commonest place was the home (53.1%). Initial visual acuity was over 20/40 in 63.4% of cases. Closed globe injury occurred in 201 (73.6%) accidents. Seventy-six children (27. 8%) were treated with medicines and in forty-eight (17.6%) cases surgery was necessary. CONCLUSION: Ocular trauma in childhood was more frequent in the male schoolchild and was due mostly to traumatism with agents like stone, wood and iron pieces, domestic utensils and leisure objects. The injuries occurred most frequently at home. Closed globe injuries predominated. Programs of education and prevention for ocular trauma in childhood are necessary.

OBJETIVO: Descrever os achados epidemiológicos do trauma ocular na infância em uma unidade de emergência. MÉTODOS: Em estudo retrospectivo, foram analisados prontuários de pacientes menores que 16 anos que foram atendidos por trauma ocular no Pronto-Socorro de Oftalmologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) de setembro de 2001 a setembro de 2004. Foram coletadas informações a respeito da idade, sexo, olho envolvido, local, circunstância e mecanismo do trauma, acuidade visual inicial e conduta imediata. RESULTADOS: Um total de 273 pacientes foi incluído no estudo. A faixa etária com maior número de casos foi a de 7 a 10 anos (39,9%). A causa mais freqüente de lesão ocular foi traumatismo com objetos externos como pedra, ferro ou madeira (28,9%) e o local mais comum foi a própria casa (53,1%). A acuidade visual inicial foi melhor que 20/40 em 63,4% dos casos. Houve trauma ocular fechado em 201 (73,6%) acidentes. Setenta e seis pacientes (27,8%) foram tratadas com medicamentos e em quarenta e oito (17,6%) casos foi necessário procedimento cirúrgico. CONCLUSÃO: O trauma ocular na infância foi mais freqüente no sexo masculino, em escolares e foi associado a objetos tais como pedra, madeira, ferro, utensílios domésticos e brinquedos. Os acidentes aconteceram mais freqüentemente em casa e trauma fechado foi a lesão predominante. São necessários programas de educação e prevenção do trauma na infância.
Palavra-chave Eye injuries
Childhood
Eye injuries, penetrating
Emergency service, hospital
Traumatismos oculares
Infância
Ferimentos oculares penetrantes
Serviço hospitalar de emergência
Idioma Inglês
Data de publicação 2007-03-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 70, n. 2, p. 271-275, 2007.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 271-275
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492007000200015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492007000200015 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3575

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492007000200015.pdf
Tamanho: 607.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta