Modelo experimental de indução de lesão oxidativa hepática em ratos por halotano

Modelo experimental de indução de lesão oxidativa hepática em ratos por halotano

Título alternativo Experimental model of liver oxidative damage induction in rats by halothane
Autor Brasil, Luis Josino Google Scholar
Amaral, José Luiz Gomes do Autor UNIFESP Google Scholar
Zettler, Claudio Galeano Google Scholar
Marroni, Claudio Augusto Google Scholar
Vercelino, Rafael Google Scholar
Marroni, Norma Google Scholar
Instituição Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre Serviço de Anestesiologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Fundação Faculdade de Ciências Médicas de Porto Alegre Departamento de Patologia
Fundação Faculdade de Ciências Médicas de Porto Alegre Departamento de Hepatologia
Universidade Federal do Rio Grande do Sul Hospital das Clínicas de Porto Alegre Laboratório de Fisiologia Experimental
Resumo BACKGROUND: The anesthetic halothane can be reductively metabolized to reactives intermediates that may initiate lipid peroxidation accompanied by hepatic injury. Hypoxia and phenobarbital pretreatment in rats increases metabolism of halothane, the oxidative stress, cause liver antioxidant enzymes changes and tissue damage. AIMS: We investigated the effect of halothane on hepatic lipid peroxidation and on hepatic histology after increases reductive metabolism of halothane caused by hypoxia and phenobarbital pretreatment. METHODS: Twenty-five male wistar rats were divided in five equals groups: CO (Control), HO14 (Halothane/Hypoxia), F (fenobarbital alone), O14 (Hypoxia alone) and H (Halothane alone). After 24 hours the rats were killed, their livers removed to determine chemoluminescence, thiobarbituric acid-reactive substances, catalase, superoxide dismutase, and blood samples were taken to determine AST and ALT. The histopathologic evaluation was performed with hematoxylin and eosin staining. Histopathologic scores are presented as 25th-75th percentile/range values and median ± range. RESULTS/CONCLUSION: Halothane-hypoxic exposure resulted in a significant changes in the activities of antioxidant enzymes, and induced hepatic lipoperoxidation. Moreover it resulted in histopathologic liver injury as well as significant increase of serum activity of AST and ALT.

RACIONAL: O anestésico halotano pode ser metabolizado redutivamente a intermediários reativos que podem iniciar a lipoperoxidação acompanhada de injúria hepática. O tratamento prévio com hipóxia e fenobarbital em ratos aumenta o metabolismo do halotano e o estresse oxidativo e causa mudanças nas enzimas antioxidantes no fígado com dano hepático. MÉTODOS: Investigou-se o efeito do halotano na lipoperoxidação e histologia hepáticas após o aumento do metabolismo redutor do halotano induzido pela hipóxia e fenobarbital. Vinte e cinco ratos machos Wistar foram divididos em cinco grupos: Co (controle), HO14 (Halotano/Hipóxia), F (Fenobarbital), O14 (Hipóxia) e H (Halotano). Após 24 horas os ratos foram sacrificados, seus fígados foram retirados para determinar quimiluminescência, substâncias que reagem ao ácido tiobarbitúrico, enzimas antioxidantes, superóxido dismutase, catalase e amostras de sangue foram tomadas para determinar AST e a ALT. A avaliação histopatológica foi realizada pela técnica de hematoxilina-eosina. Os dados da avaliação histológica foram apresentados através de mediana e amplitude entre quartis. RESULTADOS E CONCLUSÕES: A exposição ao halotano/hipóxia causou lipoperoxidação hepática e mudanças significativas na atividade das enzimas antioxidantes. Além disso, provocou lesão histopatológica do fígado e aumento significativo dos níveis plasmáticos de AST e ALT.
Palavra-chave Halothane
Hepatotoxicity
Oxidative stress
Hypoxia
Antioxidant
Halotano
Hepatotoxicidade
Estresse Oxidativo
Hipoxia
Antioxidante
Idioma Português
Data de publicação 2007-03-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 44, n. 1, p. 73-77, 2007.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 73-77
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032007000100016
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032007000100016 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3573

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-28032007000100016.pdf
Tamanho: 257.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta