Prevalência e características associadas à síndrome metabólica em nipo-brasileiros com e sem doença periodontal

Prevalência e características associadas à síndrome metabólica em nipo-brasileiros com e sem doença periodontal

Título alternativo Prevalence and characteristics associated with metabolic syndrome in Japanese-Brazilians with and without periodontal disease
Autor Borges, Pollyanna Kassia de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Gimeno, Suely Godoy Agostinho Autor UNIFESP Google Scholar
Tomita, Nilce Emy Google Scholar
Ferreira, Sandra Roberta Gouvea Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo This cross-sectional study focused on the relationship between periodontal disease and metabolic syndrome. Data were analyzed from 1,315 Japanese-Brazilians ranging from 30 to 92 years of age, submitted to physical, laboratory, and dental exams. Means and percentages were used in the data description and logistic regression pattern in the analysis of associations among variables. 484 (36.8%) of the 1,315 were edentulous, 215 (16.4%) enjoyed periodontal health, 513 (39%) had gingivitis, 85 (6.5%), showed initial or moderate periodontitis, and 18 (1.4%) suffered from chronic periodontits. Prevalence of metabolic syndrome was 54.3%, higher among individuals with periodontitis than in the healthy (51.5% vs. 48.8%), but this association was not statistically significant. Individuals with metabolic syndrome showed a worse metabolic and anthropometric profile.

Verificou-se, num estudo transversal, a relação entre as doenças periodontais e a síndrome metabólica. Foram analisados dados de 1.315 nipo-brasileiros com idade entre 30 e 92 anos. Os indivíduos foram submetidos a exames físicos, odontológicos e laboratoriais. Os dados foram descritos através de médias e porcentagens e a associação entre as variáveis foi verificada por meio de regressão logística. Do total de sujeitos examinados, 215 (16,4%) apresentaram higidez periodontal, 484 (36,8%) edentulismo total, 513 (39%) gengivites, 85 (6,5%) periodontite inicial ou moderada e 18 (1,4%) periodontite avançada. A prevalência de síndrome metabólica entre os nipo-brasileiros foi 54,3%, e apesar de esta ter sido maior entre os que apresentaram periodontites quando comparados aos sem nenhum comprometimento da saúde bucal (51,5% vs. 48,8%) essa associação não foi estatisticamente significante. Neste estudo os indivíduos com síndrome metabólica se caracterizaram por pior perfil antropométrico e metabólico.
Palavra-chave Metabolic Syndrome X
Diabetes Mellitus
Dyslipidemias
Periodontal Diseases
Obesity
Síndrome X Metabólica
Diabetes Mellitus
Dislipidemias
Doenças Periodontais
Obesidade
Idioma Português
Data de publicação 2007-03-01
Publicado em Cadernos de Saúde Pública. Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, v. 23, n. 3, p. 657-668, 2007.
ISSN 0102-311X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Extensão 657-668
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X2007000300024
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000253805100024
SciELO S0102-311X2007000300024 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3572

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-311X2007000300024.pdf
Tamanho: 132.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta