Citologia de impressão no diagnóstico de infecção corneana por Acanthamoeba: relato de caso

Citologia de impressão no diagnóstico de infecção corneana por Acanthamoeba: relato de caso

Título alternativo Diagnosis of Acanthamoeba corneal infection by impression cytology: case report
Autor Barros, Jeison de Nadai Autor UNIFESP Google Scholar
Mascaro, Vera Lucia Degaspare Autor UNIFESP Google Scholar
Lowen, Marcia Serva Autor UNIFESP Google Scholar
Martins, Maria Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Foronda, Annette Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo To describe three cases of corneal infection due to Acanthamoeba sp in which was possible to detect Acanthamoeba sp cysts by the corneal impression cytology technique. Three patients referred to the External Eye Disease Laboratory in 2004 with superficial corneal alterations were submitted to corneal specimen collection by impression cytology filter paper to investigate the presence of Acanthamoeba sp cysts. Two impression cytology samples were obtained from each patient and were stained by PAS, hematoxylin and Papanicolaou. Routine microbiological investigation and culture were also performed using corneal scraping. Positive culture and impression cytology for Acanthamoeba sp was observed in all patients while smears with Giemsa stain were positive in two. Impression cytology Acanthamoeba sp cysts were observed among sheets of corneal epithelial cells and as isolated cells. Cysts were also found in the superficial epithelium in one of these patients after treatment while corneal scraping did not reveal any cyst. Histopathology revealed cysts in the epithelium and stroma in a transplanted cornea in one of these patients. The first description of impression cytology as a diagnostic method for Acanthamoeba keratitis occurred recently. In this study corneal impression cytology detected Acanthamoeba sp cysts successfully in these patients with only superficial involvement. Impression cytology as a non invasive technique can be used to facilitate early recognition of Acanthamoeba infection playing a useful role in the follow-up of the disease.

Relatamos três casos de infecção corneana por Acanthamoeba sp em que foi possível detectar cistos do microorganismo com a técnica de citologia de impressão. Três pacientes encaminhados ao Laboratório de Doenças Externas Oculares em 2004 com alterações superficiais da córnea foram submetidos ao exame de citologia de impressão para investigação da presença de cistos de Acanthamoeba sp. Duas amostras foram obtidas da córnea de cada paciente e coradas com PAS, hematoxilina e Papanicolaou. Investigação microbiológica de rotina e cultura também foram realizadas após raspado da córnea. O cultivo das amostras e a citologia de impressão foram positivas para Acanthamoeba sp em todos os pacientes, ao passo que os raspados corados com Giemsa foram positivos em dois casos. A citologia de impressão revelou cistos de Acanthamoeba sp entre feixe de células epiteliais corneanas e como células isoladas. Foram observados cistos no epitélio de um dos pacientes com a citologia de impressão após três meses de tratamento, enquanto o raspado foi negativo. No exame anatomopatológico observaram-se cistos no epitélio e estroma de uma córnea receptora de um dos pacientes após transplante. Neste estudo, a citologia de impressão detectou com sucesso cistos de Acanthamoeba sp em pacientes com acometimento epitelial. Por tratar-se de método não invasivo, a técnica pode ser usada para facilitar o diagnóstico mais precoce da infecção por Acanthamoeba, sendo útil também no acompanhamento do tratamento da doença.
Palavra-chave Acanthamoeba keratitis
Corneal diseases
Cytological techniques
Diagnostic techniques ophthalmological
Case Reports
Ceratite por Acanthamoeba
Doenças da córnea
Técnicas citológicas
Técnicas de diagnóstico oftalmológico
Ceratite
Relatos de casos
Idioma Português
Data de publicação 2007-03-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 70, n. 2, p. 343-346, 2007.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 343-346
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492007000200028
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492007000200028 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3567

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492007000200028.pdf
Tamanho: 809.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta