Nova bandagem ajustável das artérias pulmonares na Síndrome de Hipoplasia de Câmaras Esquerdas

Nova bandagem ajustável das artérias pulmonares na Síndrome de Hipoplasia de Câmaras Esquerdas

Título alternativo A novel adjustable pulmonary artery banding system for hypoplastic left heart syndrome
Autor Assadi, Renato Samy Google Scholar
Zamith, Marina Maccagnano Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Maria Fernanda Google Scholar
Thomaz, Petrônio Generoso Google Scholar
Miana, Leonardo Augusto Google Scholar
Guerra, Vitor Coimbra Google Scholar
Pedra, Carlos Augusto Cardoso Google Scholar
Barbero-marcial, Miguel Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Children's Hospital
Hospital Samaritano de São Paulo
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
UNIFES Curso de Rastreamento Pré-Natal das Malformações Cardíacas
Instituto do Coração de Ipatinga
Instituto do Coração de Juiz de Fora
Hospital for Sick Children
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia Seção Médica de Intervenção em Cardiopatias Congênitas
Hospital Samaritano de São Paulo Laboratório de Cateterismo
Associação Sanatório Sírio Hospital do Coração
Resumo OBJECTIVE: Hypoplastic left heart syndrome remains a challenge for worldwide surgeons. Initial palliation employing bilateral pulmonary artery banding along with ductal stent implantation and atrial septostomy has been proposed as an alternative approach. However, the surgically placed bands are fixed and may become inadequate after sternum closure or with somatic growth of the patient. We describe the first case in which a neonate with hypoplastic left heart syndrome was initially managed using a mini banding system that allows for fine percutaneous adjustments of pulmonary blood flow. METHOD: Through a mid sternotomy, a 5 day-old neonate underwent bilateral pulmonary artery banding using this new system combined with placement of a main pulmonary artery to innominate artery shunt. RESULTS: The patient had an uneventful postoperative course. Three percutaneous adjustments of the banding system were necessary to keep the arterial oxygen saturation in the 75%-85% range. On the 48th day of life, she was submitted to stent placement (6 mm) within the atrial septum to treat a restrictive atrial septal defect. The Norwood operation and the bidirectional Glenn shunt were carried out on the 106th day of life. The bands were removed with no distortion of the pulmonary arteries. CONCLUSIONS: The clinical use of this innovative pulmonary artery banding system was feasible, safe and effective. It allowed for customization of the pulmonary blood flow according to the underlying clinical needs, resulting in a more precise balance between the pulmonary and systemic circulations.

OBJETIVO: A Síndrome de Hipoplasia de Câmaras Esquerdas representa um grande desafio para cirurgiões do mundo inteiro. Atualmente, tem sido proposto procedimento paliativo alternativo, por meio da bandagem bilateral das artérias pulmonares associada à colocação de stent no canal arterial e atrioseptostomia. No entanto, as bandagens utilizadas são fixas, podendo tornar-se inadequadas após o fechamento do esterno ou com o rápido crescimento somático do paciente. Descrevemos a primeira aplicação clínica do novo dispositivo miniaturizado de bandagem ajustável das artérias pulmonares em neonato portador da síndrome de hipoplasia de câmaras esquerdas, o qual permitiu ajustes percutâneos precisos do fluxo sangüíneo pulmonar. MÉTODO: Através de esternotomia mediana, neonato de 5 dias de vida foi submetido à bandagem pulmonar bilateral, usando este novo dispositivo, combinada com interposição de tubo de PTFE entre o tronco pulmonar e o tronco braquiocefálico. RESULTADOS: O paciente apresentou boa evolução pós-operatória. Três ajustes percutâneos das bandagens foram necessários para manter a saturação arterial de oxigênio entre 75-85%. No 48º dia de vida, o paciente foi submetido a atrioseptostomia com colocação de stent (6 mm) para tratamento de comunicação interatrial restritiva. No 106º dia de vida, realizou-se operação de Norwood associada à anastomose cavopulmonar bilateral. As bandagens foram removidas, sem distorção das artérias pulmonares. CONCLUSÕES: O uso clínico deste sistema inovador de bandagem ajustável das artérias pulmonares mostrou-se factível, seguro e eficaz. Permitiu o ajuste fino do fluxo pulmonar de acordo com as necessidades clínicas, proporcionando um equilíbrio preciso entre as circulações pulmonar e sistêmica.
Assunto Heart defects, congenital
Stents
Palliative care
Hypoplastic left heart syndrome
Pulmonary artery
Balloon dilatation
Cardiopatias congênitas
Contenedores
Assistência paliativa
Síndrome do coração esquerdo hipoplásico
Artéria pulmonar
Dilatação com balão
Idioma Português
Data 2007-03-01
Publicado em Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v. 22, n. 1, p. 41-48, 2007.
ISSN 0102-7638 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Extensão 41-48
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382007000100010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-76382007000100010 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3564

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0102-76382007000100010.pdf
Tamanho: 426.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)