Achados otoneurológicos em indivíduos portadores de Diabetes mellitus Tipo 1

Achados otoneurológicos em indivíduos portadores de Diabetes mellitus Tipo 1

Título alternativo Otoneurologic findings in Type 1 Diabetes mellitus patients
Autor Rigon, Rafaele Google Scholar
Rossi, Angela Garcia Autor UNIFESP Google Scholar
Cóser, Pedro Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de Santa Maria
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal de Santa Maria Departamento de Otorrino-Fonoaudiologia
Universidade Federal de Santa Maria Departamento de Clínica Médica
Resumo Metabolic alterations, as they occur in Diabetes mellitus, have been mentioned in the development and maintenance of complaints related to the vestibular and auditory organs. AIM: To investigate the vestibular system in Type 1 Diabetic mellitus population. MATERIAL AND METHOD: The present study was developed with 19 individuals, being 10 females (52.6%) and 9 males (47.3%), with ages varying from 8 to 25 years old, with medical diagnosis of Type 1 Diabetes mellitus. For result comparison, a control group was selected with others 19 individuals, matching the study group in age and gender. The evaluation protocol encompassed interview, otoscopic inspection, dynamic and static balance evaluation, cerebellar tests and vectoelectronystagmographic evaluation. STUDY DESIGN: Clinical prospective. RESULTS: Alteration in the vectoelectronystagmographic evaluation were found in 36.84% (n=7) Type 1 Diabetes mellitus individuals, being 21.06% (n=4) Peripheral Deficiency Vestibular Syndrome and 15.79% (n=3) Peripheral Irritative Vestibular Syndrome. CONCLUSION: We conclude that Type 1 Diabetes mellitus individuals can have their vestibular organ affected, even if there are no otoneurologic complaints.

Alterações metabólicas, como acontecem no Diabetes mellitus, têm sido mencionadas no desenvolvimento e manutenção das queixas relacionadas ao aparelho vestibular e auditivo. OBJETIVO: Investigar o aparelho vestibular em uma população de indivíduos portadores de Diabetes mellitus Tipo 1. MATERIAL E MÉTODO: Foram avaliados 19 indivíduos, sendo 10 do gênero feminino (52,6%) e 9 do gênero masculino (47,3%), com idades variando de 8 a 25 anos, com diagnóstico médico de Diabetes mellitus tipo 1. Para comparação dos resultados, foi selecionado um grupo controle com outros 19 indivíduos, equiparando-se idade e sexo. O protocolo de avaliação consistiu de anamnese, inspeção otoscópica, avaliação do equilíbrio estático e dinâmico, provas cerebelares e avaliação vectoeletronistagmográfica. DESENHO CIENTÍFICO: Clínico prospectivo. RESULTADOS: Encontrou-se na amostra estudada alteração à vectoeletronistagmografia em 36,84% (n=7) dos indivíduos portadores de Diabetes mellitus Tipo 1, sendo 21,06% (n=4) Síndrome Vestibular Periférica Deficitária e 15,79% (n=3) Síndrome Vestibular Periférica Irritativa. CONCLUSÃO: Concluiu-se que indivíduos com Diabetes mellitus Tipo 1 podem ter seu aparelho vestibular comprometido, mesmo que não apresentem queixas otoneurológicas.
Palavra-chave diabetes mellitus
vestibular function tests
dizziness
diabetes mellitus
testes da função vestibular
tontura
Idioma Português
Data de publicação 2007-02-01
Publicado em Revista Brasileira de Otorrinolaringologia. ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, v. 73, n. 1, p. 106-111, 2007.
ISSN 0034-7299 (Sherpa/Romeo)
Publicador ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Extensão 106-111
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992007000100017
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72992007000100017 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3540

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-72992007000100017.pdf
Tamanho: 146.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta