Matriz Metaloproteinase 2: um importante marcador genético para colesteatomas

Matriz Metaloproteinase 2: um importante marcador genético para colesteatomas

Título alternativo Matrix Metalloproteinase 2: an important genetic marker for cholesteatomas
Autor Morales, Douglas Salmazo Rocha Google Scholar
Penido, Norma de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Ismael Dale Cotrim Guerreiro da Autor UNIFESP Google Scholar
Stávale, João Norberto Autor UNIFESP Google Scholar
Guilherme, Arnaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Fukuda, Yotaka Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo
Resumo AIM: This study is to determine the MMP2 s presence in cholesteatomas and whether complicating cholesteatomas show a higher immunohistochemical expression of matrix metalloproteinase 2. Cholesteatoma produces enzymesthat cause bone erosion like Matrixmetalloproteinase 2 (MMP2). MATERIAL AND METHODS: We analyzed the expression of MMP2 in invasive (causing complications) compared to latent cholesteatomas (not causing complications). A crosssectional study with nineteen slides and paraffin blocks of cholesteatomas derived from mastoidectomies were located and processed, including 8 invasive and 11 latent cholesteatomas. Immunohistochemical thecnique was empregated to MMP2. RESULTS: The results are expressed as 0, + (to low), ++ and +++(high) according to the quantity and color of the immunohistochemical staining of MMP2. Higher expression of MMP2 was observed in 7 (87.5%) of the 8 invasive cholesteatomas. With respect to latent cholesteatomas, higher expression of MMP2 was observed in 27.3% (3 cases), with Fisher s exact test indicating a significant difference (p=0.015). CONCLUSIONS: Cholesteatoamas express MMP2 and Invasive cholesteatomas had high MMP2 compared to latent cholesteatomas.

Este estudo foi desenvolvido para determinar a presença de MMP2 em colesteatomas humanos e observar se colesteatomas que complicam (invasivos) apresentam uma maior expressão imunohistoquímica de Matriz Metaloproteinase 2 (MMP2). Colesteatomas produzem enzimas que causam erosão óssea, como a MMP2. MATERIAL E MÉTODO: Analisamos a expressão imunohistoquímica de MMP2 em colesteatomas invasivos, comparando-os aos latentes. Um estudo de corte transversal com dezenove lâminas e blocos parafinados de colesteatoma, derivados de mastoidectomias, foram desparafinados e submetidos à técnica imunohistoquímica com anticorpos anti-MMP2. RESULTADOS: Os resultados foram expressos em 0 (tênue), + (leve), ++ (moderado) e +++ (intenso), de acordo com a intensidade da expressão de MMP2. As expressões 0 e + foram denominadas Fraca e as expressões ++ e +++, Forte. Dos 8 colesteatomas invasivos, 7 apresentaram Forte expressão de MMP2 (87,5%). Com relação aos colesteatomas latentes (11), apenas 3 apresentaram Forte expressão de MMP2 (27,3%), com um teste exato de Fisher significante (p= 0,015). CONCLUSÃO: Colesteatomas expressam MMP2 e colesteatomas invasivos expressam MMP2 com maior intensidade, em relação aos latentes.
Palavra-chave cholesteatoma
metalloproteinase
colesteatoma
metaloproteinase
Idioma Português
Data de publicação 2007-02-01
Publicado em Revista Brasileira de Otorrinolaringologia. ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, v. 73, n. 1, p. 55-61, 2007.
ISSN 0034-7299 (Sherpa/Romeo)
Publicador ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Extensão 55-61
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992007000100009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72992007000100009 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3531

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-72992007000100009.pdf
Tamanho: 569.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta