Freqüências dos grupos sangüíneos e incompatibilidades ABO e RhD em puérperas e seus recém-nascidos

Freqüências dos grupos sangüíneos e incompatibilidades ABO e RhD em puérperas e seus recém-nascidos

Título alternativo Frequencies of blood groups, ABO and Rh D incompatibility in post-delivery women and their liveborn
Autor Baiochi, Eduardo Autor UNIFESP Google Scholar
Camano, Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Sass, Nelson Autor UNIFESP Google Scholar
Colas, Osmar Ribeiro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital Municipal Maternidade Escola Vila Nova Cachoeirinha Dr. Mario de Morais Altenfelder Silva
Resumo OBJECTIVE: This study aimed to assess the frequency of different blood phenotypes and to predict the risk of Rh D alloimmunization and maternal-fetal incompatibility in a Brazilian population living in the West zone of the city of São Paulo - Brazil. METHODS: This descriptive study evaluated 2,372 post-delivery women and their liveborn during one year. Blood types were analyzed by means of tube agglutination tests. RESULTS: The blood type frequencies were: 50.67 O, 32.17 A, 13.45 B, 3.75 AB, 90.34 Rh D(+) and 9.66 Rh D(-). ABO maternal-fetal incompatibility was detected in 18.4% and Rh D incompatibility in 7%. CONCLUSION: The fraction of Rh D(-) population at high risk for Rh D alloimmunization was 82%, emphasizing the importance of Rh D alloimmunization profilaxis.

OBJETIVO: Determinar as freqüências fenotípicas e predizer o risco de incompatibilidade e aloimunização materna RhD na população da Zona Oeste de São Paulo, Brasil. MÉTODOS: Estudo descritivo no qual avaliamos 2372 puérperas e seus recém-nascidos vivos, no período de um ano, tipificadas para os sistemas ABO e RhD por meio de teste de aglutinação em tubo. RESULTADOS: O estudo mostrou os seguintes percentuais: grupo sangüíneo O, 50,67%; A, 32,17%; B, 13,45%; AB, 3,71%; RhD(+), 90,34% e RhD(-), 9,66%. A ocorrência de incompatibilidade materno-fetal foi de 18,4% para o sistema ABO e de 7% para o RhD. CONCLUSÃO: O contingente da população Rh negativa com alto risco para aloimunização RhD foi estimado em 82%, denotando a importância da profilaxia da aloimunização RhD.
Palavra-chave Blood groups antigens
ABO blood-group system
Rh-Hr blood group system
Rh isoimmunization
Antígenos de grupos sangüíneos
Sistema de grupo sangüíneo ABO
Sistema de grupo sangüíneo Rh-Hr
Isoimunização RH
Idioma Português
Data de publicação 2007-02-01
Publicado em Revista da Associação Médica Brasileira. Associação Médica Brasileira, v. 53, n. 1, p. 44-46, 2007.
ISSN 0104-4230 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Médica Brasileira
Extensão 44-46
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-42302007000100018
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000254122800017
SciELO S0104-42302007000100018 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3492

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-42302007000100018.pdf
Tamanho: 63.79KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta