A importância da integração da espiritualidade e da religiosidade no manejo da dor e dos cuidados paliativos

A importância da integração da espiritualidade e da religiosidade no manejo da dor e dos cuidados paliativos

Título alternativo Incorporating spirituality and religiosity in pain management and palliative care
Autor Peres, Mario Fernando Prieto Autor UNIFESP Google Scholar
Arantes, Ana Claudia de Lima Quintana Google Scholar
Lessa, Patrícia Silva Google Scholar
Caous, Cristofer André Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Faculdade de Medicina do ABC
Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein Instituto do Cérebro
Universidade de São Paulo (USP)
Hospital Israelita Albert Einstein Grupo de Estudos da Dor e Cuidados Paliativos
Universidade Federal de Pernambuco
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: Pain is one of the most common physical complaints which negatively affects the patient s quality of life. Patients with chronic pain are difficult and often frustrating to treat. OBJECTIVE: To describe the current strategies for approaching patients with chronic pain based on scientific literature, emphasizing measures related to spirituality and religiosity. METHOD: For the present work, authors reviewed data supporting the application of clinical procedures regarding to chronic pain and palliative care with the importance of spirituality background incorporation based on indexed Medline data. RESULTS: Many studies have demonstrated a positive association between spirituality and religiosity and improvement of chronic diseases variables and markers. CONCLUSION: As religiosity and spirituality are notoriously related to the patient s clinical improvement, it is highly important that the recognition of these aspects and their incorporation in the management of patients with chronic pain be conducted by health professionals.

CONTEXTO: Dor é um dos sintomas físicos mais freqüentemente relatados por pacientes, causando importante redução na qualidade de vida do indivíduo. Pacientes com dor crônica são difíceis de tratar. OBJETIVO: Descrever estratégias atuais de abordagem de pacientes com dores crônicas, baseadas na literatura científica, enfatizando medidas relacionadas à espiritualidade e à religiosidade. MÉTODO: A presente revisão utilizou-se das atuais estratégias de manejo para pacientes com dor crônica combinadas a medidas medicamentosas e não-medicamentosas, estas geralmente incorporando medidas voltadas ao bem-estar físico, mental, social e espiritual com base em publicações indexadas pelo Medline. RESULTADOS: Muitos estudos demonstram associação positiva entre espiritualidade e religiosidade e melhora em variáveis e marcadores de doenças crônicas. CONCLUSÃO: Pelo fato de a religiosidade e a espiritualidade serem marcadamente relacionadas com a melhora clínica dos pacientes, é importante que o reconhecimento desses aspectos e a integração no manejo dos pacientes com dor crônica sejam conduzidos por profissionais da área de saúde.
Palavra-chave Chronic pain
management
headache
spirituality
Dor crônica
manejo
cefaléias
espiritualidade
Idioma Português
Data de publicação 2007-01-01
Publicado em Archives of Clinical Psychiatry. Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, v. 34, p. 82-87, 2007.
ISSN 0101-6083 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo
Extensão 82-87
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832007000700011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0101-60832007000700011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3478

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0101-60832007000700011.pdf
Tamanho: 144.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta