Plants with possible psychoactive effects used by the Krahô Indians, Brazil

Plants with possible psychoactive effects used by the Krahô Indians, Brazil

Título alternativo Plantas com possíveis ações psicoativas utilizadas pelos índios Krahô, Brasil
Autor Rodrigues, Eliana Autor UNIFESP Google Scholar
Carlini, Elisaldo Araujo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: In spite of the richness of the Brazilian biodiversity, no phytomedicines have been developed from this flora with the purpose of being used in psychiatric treatments. The objective of the present study was to document the use of plants with possible psychoactive effects in rituals performed by the Krahô Indians, who live in the cerrado savannahs biome in the central region of Brazil. Also, the present data were compared with the data obtained during a review of the literature on the use of psychoactive plants by 25 Brazilian indigenous groups. METHOD: The study was carried out during two years of fieldwork during which anthropological and botanical methods were employed. RESULTS: Seven local shamans were interviewed and they indicated 98 formulas, consisting of 45 plant species that appear to have psychoactive properties and were used in 25 different treatments. Some of the psychoactive properties were prevention of madness, stimulant effect, tranquilizing effect, prevention of tremors, longer sleeping period, open mind and induction of sleep. This article also describes the review of literature, which recorded 58 plants that may have psychoactive effects used by 25 Brazilian Indian cultures. CONCLUSION: The treatment of psychological/psychiatric disorders based on the plants used by the Krahô Indians is very rich. It is also observed among other Brazilian indigenous groups. Future phytochemical and pharmacological studies on these plants may develop new medicines to treat psychiatric disorders.

OBJETIVO: Apesar da riqueza da biodiversidade brasileira, não foram desenvolvidos, até o momento, fitoterápicos voltados para tratamentos psiquiátricos a partir desta flora. O principal objetivo deste estudo é documentar as plantas utilizadas pelos índios Krahô em rituais de cura, sobretudo aquelas com potenciais ações psicoativas. Esta etnia indígena ocupa uma área no bioma cerrado, numa região central do Brasil. Além disso, estes resultados foram comparados àqueles obtidos durante um levantamento bibliográfico realizado a respeito das plantas psicoativas utilizadas por outras 25 etnias indígenas brasileiras. MÉTODO: Os dois anos de trabalho de campo foram conduzidos utilizando-se métodos da antropologia e botânica. RESULTADOS: Sete xamãs locais foram entrevistados e indicaram 98 receitas preparadas a partir de 45 plantas para 25 usos, que parecem estar envolvidos a propriedades psicoativas. São eles: para evitar ficar louco, estimulante, calmante, para diminuir tremores, para dormir por mais tempo, para abrir a cabeça e para induzir o sono. Este artigo descreve também um levantamento bibliográfico que registrou 58 plantas utilizadas por 25 etnias indígenas brasileiras que, de modo similar, podem ter alguma ação psicoativa. CONCLUSÃO: É muito rica a terapêutica para males psicológicos/psiquiátricos a partir de plantas utilizadas pelos índios Krahô. Este mesmo fato ocorre entre outras etnias indígenas brasileiras. Futuros estudos de fitoquímica e farmacologia a serem realizados com estas plantas poderão prover a psiquiatria com novos medicamentos.
Palavra-chave Ethnopharmacology
Central nervous system
Psychotropic drugs
Plants
medicinal
Shamanism
Etnofarmacologia
Sistema nervoso central
Psicotrópicos
Plantas medicinais
Xamanismo
Idioma Inglês
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2006-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Psiquiatria. Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP, v. 28, n. 4, p. 277-282, 2006.
ISSN 1516-4446 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Extensão 277-282
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462006005000014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000242700000006
SciELO S1516-44462006000400006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3416

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-44462006000400006.pdf
Tamanho: 1.244MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta