The role of bovine preserved peritoneum in rats ventral hernia: a histological evaluation

The role of bovine preserved peritoneum in rats ventral hernia: a histological evaluation

Título alternativo Aspectos histológicos do uso do peritônio bovino conservado na correção de hérnia ventral em ratos
Autor Bastos, Eduardo Lemos de Souza Google Scholar
Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Taha, Murched Omar Autor UNIFESP Google Scholar
Novo, Neil Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Juliano, Yara Autor UNIFESP Google Scholar
Simões, Manuel de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Silvado, Rubens Augusto Brazil Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Marilia Medicine School Department of Surgery
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To assess the role of preserved bovine parietal peritoneum as a material for hernia repair in a rat ventral hernia model. METHODS: An abdominal wall defect (15mm x 25mm) was created in Wistar male rats (n=40). Control animals (n=20) had the polypropylene (PP) mesh sutured into the defect, whereas bovine preserved peritoneum (BPP) was used in experimental group (n=20). After 7 and 28 days, the abdominal wall was taken off and histological studies of the amount of collagen by Sirius Red stain and morphometric evaluation consisted in quantitative analysis of the collagen by using specific software (Imagelab®). The Mann-Whitney, Kruskal-Wallis and ANOVA tests were applied for statistical analysis (pd0.05). RESULTS: Histological examination revealed no difference between the BPP and PP groups (p = 0.55 NS). CONCLUSION: BPP is suitable for the closure of ventral hernias in rat model as shown by its morphological properties.

OBJETIVO: Estudar os aspectos histológicos do uso de uma prótese de peritônio bovino na correção de hérnia ventral em um modelo animal de doença. MÉTODOS: Utilizando 40 ratos machos Wistar, comparou-se o implante do peritônio bovino com a tela de polipropileno na correção de um defeito provocado na parede abdominal do animal. Após 7 (sub-grupo A) e 28 (sub-grupo B) dias de observação, as peças foram retiradas e procedeu-se o estudo histológico através da quantificação de colágeno pelo método de captação e processamento digital de imagens, sob a coloração do Sirius Red. Os testes de Mann-Whitney, de Kruskal-Wallis e ANOVA foram utilizados e estabeleceu-se em 0,05 o nível para rejeição da hipótese de nulidade (pd0.05). RESULTADOS: A quantificação do colágeno na interface do implante mostrou equivalência entre os grupos Peritônio e Polipropileno (p=0,55 NS). CONCLUSÃO: O peritônio parietal bovino apresentou infiltração de tecido fibrocolágeno semelhante a da tela de polipropileno na correção de hérnia ventral em ratos.
Palavra-chave Hernia, Ventral
Peritoneum. Surgical
Mesh
Hérnia Ventral
Peritnio
Telas Cirúrgicas
Idioma Inglês
Data de publicação 2006-10-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 21, n. 5, p. 328-331, 2006.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 328-331
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502006000500010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-86502006000500010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3273

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502006000500010.pdf
Tamanho: 138.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta