Sistematização do estudo anatômico do aqueduto vestibular por tomografia computadorizada de alta resolução em pacientes com doenças de Ménière unilateral

Sistematização do estudo anatômico do aqueduto vestibular por tomografia computadorizada de alta resolução em pacientes com doenças de Ménière unilateral

Título alternativo Systematization of vestibular aqueduct anatomical study by high-resolution computed tomography in patients with unilateral Ménière's disease
Autor Alvarenga, Eliézia Helena de Lima Autor UNIFESP Google Scholar
Cruz, Oswaldo Laércio Mendonça Autor UNIFESP Google Scholar
Yamashita, Helio Kiitiro Autor UNIFESP Google Scholar
Lima, Eliece José de Google Scholar
Alvarenga, Adalberto Martins Google Scholar
Bisinoto, Sirlei Maria Barra Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital Samaritano de São Paulo
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo OBJECTIVE: To systematize the assessment of vestibular aqueduct by high-resolution computed tomography (HRCT) in patients with unilateral Ménière's disease as compared with a control group. MATERIALS AND METHODS: We have selected 20 patients with unilateral Ménière's disease, according to the guidelines proposed by the American Academy of Otolaryngology - Head and Neck Surgery. The control group consisted of ten individuals with normal audiometric tests. Overall, we have studied 60 ears, equally divided into three groups: group I - Ménière's disease, affected ear; group II - Ménière's disease, non-affected ear; group III - control. All the individuals have undergone temporal bones HRCT. Images were blindly reviewed, trying to evaluate the visibility of the descendent portion of the ventricular aqueduct. Afterwards data were correlated with their respective groups. RESULTS: We have identified the vestibular aqueduct in 95% of ears in group I, 90% in group II, and 100% in group III. CONCLUSION: It is possible to perform a systematic evaluation of the vestibular aqueduct by axial HRCT, using the same radiological technique, anatomical knowledge and sequential images of inner ear structures. With this systematic approach we have obtained a high rate of vestibular aqueduct visualization, with no statistically significant difference between the groups.

OBJETIVO: Sistematizar a avaliação do aqueduto vestibular por tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR) em pacientes com doença de Ménière unilateral e comparar com um grupo-controle. MATERIAIS E MÉTODOS: Selecionamos 20 pacientes com doença de Ménière unilateral, segundo critérios da Academia Americana de Otorrinolaringologia - Cirurgia de Cabeça e Pescoço, e um grupo-controle composto por dez indivíduos com avaliação auditiva normal, totalizando 60 orelhas, distribuídas igualmente em três grupos: grupo I - doença de Ménière, orelha comprometida; grupo II - doença de Ménière, orelha não-comprometida; grupo III - controle. Submetemos os pacientes à TCAR de ossos temporais. O estudo das imagens foi feito de modo cego, procurando avaliar a visibilidade da porção descendente do aqueduto vestibular. Os dados obtidos foram correlacionados com os respectivos grupos. RESULTADOS: A visualização do aqueduto vestibular foi de 95% no grupo I, 90% no grupo II e 100% no grupo III. CONCLUSÃO: É possível sistematizar a avaliação por TCAR do aqueduto vestibular, com aquisição axial, usando a mesma técnica radiológica, conhecimento anatômico e seguimento seqüencial das estruturas da orelha interna. Com esta sistematização houve alta taxa de visualização do aqueduto vestibular, sem diferença estatisticamente significante entre os grupos.
Assunto Vestibular aqueduct
Temporal bone
Tomography
Helicoidal computed tomography
Ménière's disease
Aqueduto vestibular
Osso temporal
Tomografia
Tomografia computadorizada helicoidal
Doença de Ménière
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data 2006-10-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 39, n. 5, p. 345-349, 2006.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Editor Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 345-349
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842006000500009
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842006000500009 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3264

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0100-39842006000500009.pdf
Tamanho: 227.0Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)