Controle ácido-básico na hipotermia

Controle ácido-básico na hipotermia

Título alternativo The acid-base management in hypothermia
Autor Gomes, Walter José Autor UNIFESP Google Scholar
Buffolo, Enio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Deep hypothermia is a usefull tool to improve technical results in cardiovascular surgery and is nowadays the major strategy used to reduce ischemic injury. Hypothermia reduces metabolism and preserves cellular stores of high-energy phosphates. The regulation of tissue pH during hypothermia is important for cellular homeostasis. Furthermore, hypothermia has important effects on pH by altering the dissociation constant of water and various metabolics intermediates and the question of optimal blood gas management during deliberate hypothermia has been subject of much controversy. Two approaches have been advocated for pH management during hypothermia, the first termed pH strategy, where blood pH is maintained constant at 7,40 at all temperatures with PaCO2 adjustment, and in the second type of regulation, termed α-stat strategy, the blood pH is increased according to decrease in temperature and the total CO2 , content of the blood remain constant. In this present review the relationship between blood pH and intracelular pH and the ionic alterations induced by hipothermia are discussed.

O emprego da hipotermia profunda tem se constituído, atualmente, numa Importante estratégia para melhoria da qualidade técnica e resultados em cirurgia cardiovascular. A hipotermia reduz os danos teciduais induzidos pela isquemia por diminuir o metabolismo e preservar os fosfatos energéticos. A regulação do pH tecidual durante a hipotermia é fundamental para a manutenção da homeostasia celular, já que a hipotermia induz alterações desse pH pela mudança provocada na constante de dissociação da água. A questão do melhor manuseio dos gases sangüíneos durante a hipotermia induzida tem sido objeto de controvérsia. Duas abordagens têm sido preconizadas para o manejo das alterações iónicas durante a hipotermia. A regulção pH-stat envolve a manutenção do pH constante de 7,40 em todas as temperaturas com ajustes da PaCO2 e a regulação α-stat permite a variação do pH sangüíneo, que aumenta conforme a diminuição da temperatura e o conteúdo total corpóreo de CO2 é mantido constante. Nesta presente revisão a relação entre pH sangüíneo e intracelular e as alterações iónicas induzidas pela hipotermia são discutidas.
Palavra-chave hipothermia, induced
hipotermia induzida
Idioma Português
Data de publicação 1993-09-01
Publicado em Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v. 8, n. 3, p. 189-194, 1993.
ISSN 0102-7638 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Extensão 189-194
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76381993000300003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-76381993000300003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/324

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-76381993000300003.pdf
Tamanho: 1.625MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta