Artéria radial versus veia safena para revascularização do miocárdio: metanálise (não houve diferença estatisticamente significante)

Artéria radial versus veia safena para revascularização do miocárdio: metanálise (não houve diferença estatisticamente significante)

Título alternativo Radial artery versus saphenous vein to myocardial revascularization: meta-analysis (there is no statistically significant difference)
Autor Locali, Rafael Fagionato Autor UNIFESP Google Scholar
Buffolo, Enio Autor UNIFESP Google Scholar
Catani, Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To compare the effectiveness of radial artery graft with saphenous vein graft to myocardial revascularization, in association with the internal thoracic artery. METHODS: We made a systematic review of literature, using a strategy to search articles applied to MEDLINE and LILACS databases. Two independent researchers have carried through the election of identified articles, evaluating carefully the methodology of articles considered excellent for the subject. Only the randomized controlled trials, with adjusted randomization system have been enclosed. All the situations where the researchers didn't agree there was a consensus meeting. It hasn't been stipulated restriction for postoperative period to graft angiographic evaluation, the vessel treated and enclosed patient's characteristics. The results have been expressed as Risk Relative (RR), with 95% of Confidence Interval (CI), to comparison the effectiveness between the radial artery and the saphenous vein. RESULTS: Based in these criteria three studies have been enclosed. We couldn't find statistic difference between grafts' patency studied (RR 0.53 [95% IC 0.13 - 2.18]). CONCLUSION: Despite of the studies have good methodological quality, we have not observed a result significant statistically benefiting one of the grafts. The statistical power of the meta-analysis is low, therefore, it's necessary more randomized controlled trials, with adjusted sample size to detect possible differences between the considered treatments.

OBJETIVO: Comparar a efetividade do enxerto de artéria radial com o enxerto de veia safena para revascularização do miocárdio, em associação com a artéria torácica interna. MÉTODO: Realizou-se uma revisão sistemática da literatura, utilizando uma estratégia de busca de artigos aplicada às bases de dados da MEDLINE e LILACS. Dois pesquisadores independentes realizaram a seleção dos artigos identificados, avaliando criteriosamente a metodologia dos artigos considerados relevantes para o tema. Somente os ensaios clínicos controlados e randomizados com adequado sistema de aleatorização foram incluídos. Em todas as situações em que ocorreu discordância entre os pesquisadores, foi realizada uma reunião de consenso. Não foi estipulada restrição quanto ao período pós-operatório para avaliação angiográfica do enxerto, o vaso tratado cirurgicamente e as características dos pacientes incluídos. Os resultados são expressos como Risco Relativo (RR), com 95% de Intervalo de Confiança (CI), da comparação da efetividade entre a artéria radial e a veia safena. RESULTADOS: Com base nesses critérios foram incluídos três estudos. Não foi detectada diferença estatística entre a perviabilidade dos enxertos estudados (RR 0,53 [95% IC 0,13 - 2,18]). CONCLUSÃO: Apesar dos estudos serem de boa qualidade metodológica, não houve resultado estatisticamente significativo beneficiando um dos enxertos. O poder estatístico da metanálise é baixo. Portanto, são necessários novos ensaios clínicos controlados e randomizados, com tamanho de amostra adequado para detectar possíveis diferenças entre os tratamentos propostos.
Palavra-chave Radial artery
Saphenous vein
Myocardial revascularization
Meta-analysis
Artéria radial
Veia safena
Revascularização miocárdica
Metanálise
Idioma Português
Data de publicação 2006-09-01
Publicado em Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v. 21, n. 3, p. 255-261, 2006.
ISSN 0102-7638 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Extensão 255-261
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382006000300004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-76382006000300004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3238

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-76382006000300004.pdf
Tamanho: 172.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta