Doppler transcraniano convencional em voluntários assintomáticos: variabilidade e valores de referência para parâmetros de fluxo sanguíneo

Doppler transcraniano convencional em voluntários assintomáticos: variabilidade e valores de referência para parâmetros de fluxo sanguíneo

Título alternativo Reference values for measures of blood flow velocities and impedance indexes in healthy individuals through conventional transcranial Doppler
Autor Barbosa, Maurício Fregonesi Autor UNIFESP Google Scholar
Abdala, Nitamar Autor UNIFESP Google Scholar
Carrete Junior, Henrique Autor UNIFESP Google Scholar
Nogueira, Roberto Gomes Autor UNIFESP Google Scholar
Nalli, Darcio Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Fonseca, José Roberto Falco Autor UNIFESP Google Scholar
Szejnfeld, Jacob Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To establish reference values for measures of blood flow velocities and impedance indexes in healthy individuals through conventional transcranial Doppler (TCD) and to observe their variations in relation to the age and sex. METHOD: 88 asymptomatic volunteers were examined without antecedents of cardiac, peripheral or cerebrovascular diseases. The TCD were accomplished by the same examiner. The middle, anterior and posterior cerebral arteries were studied through the temporal acoustic window and the vertebral and basilar arteries through the suboccipital acoustic window. The values of mean velocity (MV), peak-systolic velocity (PSV), final diastolic velocity (FDV), resistance index (RI) and pulsatility index (PI) of each examined arterial segment were filed. RESULTS: The reference limits found by us were similar to the described by other authors for all of the studied parameters. There was tendency of the flow velocities decrease and of the impedance indexes increase with moving forward of the age. The values of velocities in the women were superior to the found in men. CONCLUSION: TCD was shown useful in the evaluation of hemodynamic cerebral for our population. Our results are similar to the other studies, so much in the reference values as in relationship with the age and the sex.

OBJETIVO: Estabelecer valores de referência para medidas de velocidade sanguínea e índices de impedância em indivíduos saudáveis por meio do Doppler transcraniano convencional (DTC) e observar suas variações em relação à idade e sexo. MÉTODO: Foram examinados 88 voluntários assintomáticos, sem antecedentes de doença cerebrovascular, cardíaca ou vascular periférica. Os exames de DTC foram realizados pelo mesmo examinador, sendo as artérias cerebrais médias, anteriores e posteriores estudadas por meio da janela temporal e as artérias vertebrais e basilar por meio da janela suboccipital. Foram arquivados os valores de velocidade média (VM), velocidade de pico sistólico (VPS), velocidade diastólica final (VDF) e índices de resistência (IR) e pulsatilidade (IP) de cada segmento arterial examinado. RESULTADOS: Os limites de referência encontrados por nós foram semelhantes aos descritos por outros autores para todos os parâmetros estudados. Houve tendência das velocidades de fluxo diminuírem e dos índices de impedância aumentarem com o avançar da idade. Os valores de velocidade nas mulheres foram superiores aos encontrados em homens. CONCLUSÃO: O DTC se mostrou útil na avaliação hemodinâmica cerebral de nossa população. Os nossos resultados são semelhantes aos de outros estudos, tanto nos valores de referência quanto na sua relação com a idade e o sexo.
Palavra-chave cerebral hemodynamic
cerebral blood flow
transcranial Doppler sonography
intracranial arteries
reference values
hemodinâmica cerebral
fluxo sanguíneo cerebral
Doppler transcraniano
artérias intracranianas
valores de referência
Idioma Português
Data de publicação 2006-09-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 64, n. 3b, p. 829-838, 2006.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 829-838
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2006000500023
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X2006000500023 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3223

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X2006000500023.pdf
Tamanho: 285.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta