Efeito da prática musical no reconhecimento da fala no silêncio e no ruído

Efeito da prática musical no reconhecimento da fala no silêncio e no ruído

Título alternativo The effect of musical practice on speech recognition in quiet and noisy situations
Autor Soncini, Fabiana Google Scholar
Costa, Maristela Julio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de Santa Maria
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal de Santa Maria Departamento de Otorrino-Fonoaudiologia
Resumo BACKGROUND: auditory training improves the perception of complex acoustic signals as well as the perception of speech. AIM: to verify if auditory training, through the practice of music, has an influence on the ability to recognize speech in quiet and noisy situations. METHOD: participants of this study were 55 individuals, with no musical experience (non-musicians) and 45 professional musicians who had been playing at military bands for at least 5 years (musicians). All of the participants were male right-handed military volunteers, with normal hearing thresholds and with ages varying between 25 and 40 years. Using the Portuguese Sentence Lists (LSP) test, sentence recognition threshold was investigated in quiet (SRTQ) and in noise (SRTN). Based on the obtained data, the signal/noise ratio (S/N) was calculated. The sentences and noise (fixed to 65 dB HL) had a monoaural presentation using headphones. RESULTS: when comparing the performances of both groups, the statistical analysis pointed no significant difference between the mean values obtained for the SRTQ. However, a statistically significant difference was verified between the mean values obtained for the S/N ratio. CONCLUSION: in a quiet situation, musicians and non-musicians had similar performances. However, in the noise situation, musicians presented better performances, indicating that musical practice is an activity that improves the ability of speech recognition when in a noisy environment.

TEMA: o treinamento auditivo melhora a percepção de sinais acústicos complexos como a fala. OBJETIVO: verificar se o treinamento auditivo proporcionado pela prática musical é um fator que exerce influência na habilidade de reconhecer a fala no silêncio e no ruído. MÉTODO: participaram do estudo 55 indivíduos sem experiência musical (não músicos) e 45 indivíduos que atuavam como músicos profissionais em bandas militares há, no mínimo, 5 anos (músicos). Todos os voluntários eram militares, do sexo masculino, destros, normo-ouvintes e com idades variando entre 25 e 40 anos. Utilizando o teste Listas de Sentenças em Português (LSP), realizou-se a pesquisa do limiar de reconhecimento de sentenças no silêncio (LRSS) e do limiar de reconhecimento de sentenças no ruído (LRSR), a partir do qual foi calculada a relação sinal/ruído (S/R). As sentenças e o ruído (fixo a 65 dB NA) foram apresentados monoauralmente, por fones auriculares. RESULTADOS: ao serem comparados os desempenhos dos grupos estudados, a análise estatística dos resultados não evidenciou diferença significante entre os valores médios obtidos para os LRSS. No entanto, foi constatada diferença estatisticamente significante entre os valores médios obtidos para as relações S/R. CONCLUSÃO: no silêncio, músicos e não músicos apresentaram desempenhos semelhantes, porém, em tarefas de reconhecimento de sentenças apresentadas diante de ruído competitivo, músicos apresentaram melhores desempenhos, indicando que a prática musical é uma atividade que melhora a habilidade de reconhecimento da fala, quando esta ocorre diante de ruído.
Palavra-chave Audiology
Speech Discrimination Tests
Noise
Perceptual Masking
Training
Audiologia
Teste de Discriminação da Fala
Ruído
Mascaramento Perceptivo
Treinamento
Idioma Português
Data de publicação 2006-08-01
Publicado em Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 18, n. 2, p. 161-170, 2006.
ISSN 0104-5687 (Sherpa/Romeo)
Publicador Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Extensão 161-170
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872006000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-56872006000200005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3207

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-56872006000200005.pdf
Tamanho: 49.13KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta