Electroencephalogram base rhythm in AIDS patients

Electroencephalogram base rhythm in AIDS patients

Título alternativo Ritmo de base no eletrencefalograma de pacientes aidéticos
Autor Prado, Gilmar Fernandes do Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, A. Baptista da Autor UNIFESP Google Scholar
Lima, J.g. Camargo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo We studied the EEG of 73 patients diagnosed with HIV infection, with or without secondary complications. Sixty-eight belonged to CDC (Center for Disease Control) group IV and 38 presented signs or symptoms of encephalic neurological impairment. Rhytms constituting base activity were alpha (65.75%), beta (13.70%), theta (12.33%), and delta (8.22%). The alpha rhythm presented two modes: slow (8 to 9 Hz) in 25/48 or 52.08% of the cases and not-slow (>9 to 13 Hz) in 23/48 or 47.92% of the cases. The alpha slow-mode has been observed in about 10 to 15% of the normal population, with the 8 Hz frequency being found in only 1% of the normal adult population, which suggests that in some manner HIV is implicated in the slowing-down of the EEG base rhythm in AIDS patients. The patients from CDC group IV with encephalic neurological involvement presented a base rhythm significantly lower than those with non-encephalic involvement or the absence of neurological impairment.

Estudamos o EEG de 73 pacientes com diagnóstico de infecção pelo HIV, com ou sem complicações secundárias. Sessenta e oito deles pertenciam ao grupo IV do CDC (Center for Disease Control) e 38 apresentavam sinais ou sintomas de comprometimento encefálico. Os ritmos que constituiram a atividtade de base foram o alfa (65,75%), o beta (13,70%), teta (12,33%) e o delta (8,22%). O ritmo alfa apresentou duas modalidades: a lenta (8 a 9Hz) em 25/48 ou 52,08% dos casos e a não-lenta (>9 a 13Hz) em 23/48 ou 47,92% dos casos. A modalidade lenta do ritmo alfa é observada em cerca de 10 a 15% da população normal, sendo a frequência de 8Hz encontrada em apenas 1% da população adulta normal, o que sugere que o HIV de alguma maneira está implicado na lentificação do ritmo de base no EEG de pacientes aidéticos. Os pacientes do grupo IV do CDC com envolvimento neurológico encefálico apresentaram ritmo de base significantemente menor que aqueles com envolvimento neurológico não encefálico ou ausência de comprometimento neurológico.
Palavra-chave AIDS
EEG
HIV infection
background activity
AIDS (SIDA)
EEG
infecção por HIV
ritmo de base
Idioma Inglês
Data de publicação 1993-06-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 51, n. 2, p. 169-174, 1993.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 169-174
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1993000200003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X1993000200003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/318

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X1993000200003.pdf
Tamanho: 343.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta