Ultra-sonografia tridimensional do colo uterino na gestação: perspectivas

Ultra-sonografia tridimensional do colo uterino na gestação: perspectivas

Título alternativo Three-dimensional ultrasound of uterine cervix in pregnancy: prospects
Autor Brandão, Rosieny Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Murta, Carlos Geraldo Viana Google Scholar
Moron, Antonio Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Mattar, Rosiane Autor UNIFESP Google Scholar
Pires, Claudio Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Guerzet, Eduardo Almeida Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Centro de Diagnóstico por Imagem
Universidade Federal do Espírito Santo Departamento de Ginecologia e Obstetrícia
Centro de Treinamento de Ultra-Sonografia
Santa Casa de Misericórdia Escola de Medicina Departamento de Tocoginecologia
Resumo The measurement of cervical length utilizing transvaginal ultrasound is of help for pregnant women screening for premature labor, the shortening of the cervix being a predictor of higher risk of preterm delivery. Traditional methods for evaluating the uterine cervix during pregnancy are limited and unsatisfactory. Digital examination of cervix, considered as the standard method, demonstrates large variation among different examiners; on the other hand, transvaginal sonography is an effective method of examination during pregnancy. Recently, three-dimensional ultrasound has been used in the clinical practice including the study of uterine cervix. The three-dimensional technology allows acquisition and storage of a large volume of data. Such stored information can be reformatted and analyzed through an unlimited number of planes. The three-dimensional transvaginal ultrasound is the unique imaging method capable of obtaining a true coronal plane by direct correlation of the views in a multiplanar display. This method seems to offer a diagnostic potential because of the cervical ultrasonography increased accuracy.

A medida do comprimento cervical por ultra-sonografia transvaginal é útil no rastreamento do parto prematuro, sendo o encurtamento do colo fator preditor do trabalho de parto pré-termo. Os métodos tradicionais para avaliar a cérvice na gestação são limitados e insatisfatórios. O exame de toque digital, considerado método padrão, demonstra variação entre diferentes examinadores, entretanto, a ultra-sonografia transvaginal é exame eficiente durante a gravidez. Recentemente, o exame ultra-sonográfico tridimensional tem sido utilizado na prática clínica, incluindo o estudo do colo. Grande volume de informações pode ser obtido e armazenado utilizando-se a tecnologia tridimensional. A informação armazenada permite ser manipulada e analisada por número infinito de planos. O exame ultra-sonográfico transvaginal tridimensional é o único capaz de obter o plano coronal pela visualização da imagem em organização multiplanar. Este método aparenta oferecer potencial diagnóstico no aumento da acurácia da ultra-sonografia cervical.
Palavra-chave Uterine cervix
Pregnancy
Three-dimensional ultrasonography
Colo uterino
Gravidez
Ultra-sonografia tridimensional
Idioma Português
Data de publicação 2006-08-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 39, n. 4, p. 305-308, 2006.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 305-308
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842006000400014
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842006000400014 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3162

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-39842006000400014.pdf
Tamanho: 183.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta