Parâmetros eficientes do posicionamento adequado da ponta da agulha de veress durante o estabelecimento de pneumoperitônio

Parâmetros eficientes do posicionamento adequado da ponta da agulha de veress durante o estabelecimento de pneumoperitônio

Título alternativo Reliable guidelines for adequate positioning of veress needle on the stablishment of the pneumoperitoneum
Autor Azevedo, Otávio Cansanção Autor UNIFESP Google Scholar
Azevedo, João Luiz Moreira Coutinho Autor UNIFESP Google Scholar
Sorbello, Albino Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Miguel, Gustavo Peixoto Soares Autor UNIFESP Google Scholar
Guindalini, Rodrigo Santa Cruz Autor UNIFESP Google Scholar
Godoy, Antônio Cláudio de Google Scholar
Instituição Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo Serviço de Gastroenterologia Cirúrgica
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de Lyon
Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo Setor de Videocirurgia
Resumo BACKGROUND: To evaluate the possibility of establishing reliable parameters for the appropriate positioning of Veress needle tip in the peritoneal cavity during pneumoperitoneum creation. METHODS: In 100 selected patients Veress needle tip were introduced in the peritoneal cavity and the insufflators were programmed for a flow of 1,2L/min and with final maximum pressure of 12mmHg. At the beginning of the insufflation and at every 20 seconds the intraperitoneal pressure (IP) and the total volume injected (TVI) were recorded. Data was treated by statistical correlation between moments and IP, and moments and TVI. The forecast values of IP and TVI at the end of each one of the four first insufflation minutes were also established, using the following estimated formulas: IP = 2.3083 + 0.0266 x time + 8.3x10-5 x time³ - 2.44x10-7 x time³; TVI = 0.813 + 0.0157 x time. RESULTS: IP and TVI showed a correlation between pre-established moments of pneumoperitoneum creation when a strong adjustment became apparent: IP = -2E - 07 x time³ + 8E - 05 x time² + 0.0266 x time + 2.3083, with a coefficient of explanation: (R2) = 0.8011; TVI = 0.0157 x time + 0.1813, with R2=0.9604. The forecast of IP and TVI showed: IP (mmHg): 1min=4.15; 2 min=6.27; 3 min=8.36; 4 min=10.10 and TVI (L): 1min=1.12; 2 min=2.07; 3 min=3.01; 4 min=3.95. CONCLUSION: Reliable parameters for IP and TVI can be established during pneumoperitoneum creation when the Veress needle tip is located in the peritoneal cavity in a given insufflation moment.

OBJETIVO: Avaliar a possibilidade do estabelecimento de parâmetros fidedignos do adequado posicionamento da ponta da agulha de Veress no interior da cavidade peritoneal durante o estabelecimento do pneumoperitônio. MÉTODO: Em 100 pacientes selecionados a ponta da agulha de Veress foi introduzida na cavidade peritoneal e o insuflador foi programado para fluxo de 1,2L/min e pressão máxima final para 12mmHg. No início da insuflação e a cada 20 segundos a pressão intraperitoneal (PI) e o total do volume injetado até aquele momento (TVI) eram registrados. Os dados foram tratados por correlações estatísticas entre momentos e PI, e momentos e TVI. Também foi estabelecida a previsão dos valores de PI e TVI no final de cada um dos quatro primeiros minutos de insulflação, utilizando-se os modelo estimados: PI = 2,3083 + 0,0266 x tempo + 8,3x10-5 x tempo³ - 2,44x10-7 x tempo³ ; TVI = 0,813 + 0,0157 x tempo. RESULTADOS: A PI e o TVI mostraram correlação entre momentos pré-estabelecidos da criação do pneumoperitônio, sendo constatado um ajuste forte: PI = -2E - 07 x tempo³ + 8E - 05 x tempo² + 0,0266 x tempo + 2,3083, com coeficiente de explicação (R2) = 0,8011; TVI = 0,0157 x tempo + 0,1813, com R2 = 0,9604. A previsão de PI e TVI mostrou: PI(mmHg): 1min=4,15; 2min=6,27; 3min=8,36; 4min=10,10 e TVI(L): 1min=1,12; 2min=2,07; 3min=3,01; 4min=3,95. CONCLUSÕES: Parâmetros fidedignos para PI e TVI , quando a ponta da agullha de Veress se encontra na cavidade peritoneal, em dados momentos da insuflação podem ser estabelecidos durante a criação do penumoperitônio.
Palavra-chave Laparoscopy
Surgical procedures, operative
Pneumoperitoneum, artificial
Punctures
Laparoscopia
Procedimentos cirúrgicos operatórios
Pneumoperitônio artificial
Punções
Idioma Português
Data de publicação 2006-08-01
Publicado em Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 33, n. 4, p. 220-223, 2006.
ISSN 0100-6991 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Extensão 220-223
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912006000400005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-69912006000400005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3156

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-69912006000400005.pdf
Tamanho: 303.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta