Efeitos do exercício agudo na lipemia pós-prandial em homens sedentários

Efeitos do exercício agudo na lipemia pós-prandial em homens sedentários

Título alternativo Effects of acute exercise on postprandial lipemia in sedentary men
Autor Teixeira, Mônica Autor UNIFESP Google Scholar
Kasinski, Nelson Autor UNIFESP Google Scholar
Izar, Maria Cristina de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Barbosa, Luiz Alberto Autor UNIFESP Google Scholar
Novazzi, José Paulo Autor UNIFESP Google Scholar
Pinto, Leonor Almeida Autor UNIFESP Google Scholar
Tufik, Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Leite, Turíbio Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Fonseca, Francisco Antonio Helfenstein Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To examine the effects of a single session of isometric physical exercise on postprandial triglyceridemia in sedentary male individuals with fasting triglycerides values < 150 mg/dl (NTG) or >150 mg/dl (TG ALT). METHODS: Twenty-seven individuals (10 NTG and 17 TG ALT), aged between 30-55 years were assessed in the study. Triglycerides were determined in the beginning, and at two, four and six hours after the oral ingestion of a solution with 50g/m² of fat in two occasions: at rest and after treadmill isometric exercise. RESULTS: Acute exercise did not affect the levels of postprandial triglycerides or the area under the curve (AUC) of triglycerides. However, the abnormal pattern of postprandial lipemia curve was associated with higher basal triglyceridemia with exercise (basal TG: 147 ± 90 vs. 238 ± 89 mg/dl, p = 0.02) and without exercise (basal TG: 168 ± 93 vs. 265 ± 140 mg/dl, p = 0.04). Analysis of the receiver operating characteristics (ROC) curves showed cut-off values for basal triglycerides with exercise of 166.5 mg/dl (sensitivity: 0.78; specificity: 0.72) and AUC of 0.772 [CI 95%: 0.588-0.955], and without exercise of 172 mg/dl (sensitivity: 0.78; specificity: 0.61) and AUC: 0.722 [CI 95%: 0.530-0.914]. CONCLUSION: Acute exercise did not affect postprandial triglyceridemia in sedentary male individuals, and basal triglyceride levels are predictors of an abnormal response of postprandial triglycerides.

OBJETIVO: Examinar os efeitos de uma sessão isolada de exercício físico isométrico na trigliceridemia pós-prandial em homens sedentários com valores de triglicérides em jejum < 150 mg/dl (NTG) ou > 150 mg/dl (TG ALT). MÉTODOS: Foram avaliados 27 indivíduos (10 NTG e 17 TG ALT), com idade entre trinta e 55 anos. Os triglicérides foram determinados no início, e após duas, quatro e seis horas da ingestão oral de uma solução com 50g/m² de gordura em duas oportunidades, em repouso e após exercício isométrico em esteira. RESULTADOS: O exercício agudo não modificou os níveis pós-prandiais de triglicérides, ou a área sob a curva (AUC) de triglicérides. Entretanto, o padrão anormal da curva de lipemia pós-prandial associou-se a maior trigliceridemia basal com exercício (TG basais: 147 ± 90 versus 238 ± 89 mg/dl, p = 0,02) e sem exercício (TG basais: 168 ± 93 versus 265 ± 140 mg/dl, p = 0,04). A análise das curvas ROC (receive operating characteristics) mostrou valores de corte de triglicérides basais com atividade física de 166,5 mg/dl (sensibilidade: 0,78; especificidade: 0,72) e AUC de 0,772 [IC 95%: 0,588-0,955], e sem atividade física de 172 mg/dl (sensibilidade: 0,78; especificidade: 0,61) e AUC de 0,722 [IC 95%: 0,530-0,914]. CONCLUSÃO: A trigliceridemia pós-prandial em homens sedentários não foi modificada pelo exercício agudo, sendo os valores basais de triglicérides preditores de uma resposta anormal dos triglicérides pós-prandiais.
Palavra-chave Acute exercise
triglycerides
postprandial lipemia
Exercício agudo
triglicérides
lipemia pós-prandial
Idioma Português
Data de publicação 2006-07-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC, v. 87, n. 1, p. 3-11, 2006.
ISSN 0066-782X (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Extensão 3-11
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2006001400002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0066-782X2006001400002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3150

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0066-782X2006001400002.pdf
Tamanho: 278.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta