Tradução e adaptação cultural do Quality of Life in Epilepsy (QOLIE-31)

Tradução e adaptação cultural do Quality of Life in Epilepsy (QOLIE-31)

Título alternativo Translation and cross-cultural adaptation of the Quality of Life in Epilepsy-31 (QOLIE-31)
Autor Silva, Tatiana Indelicato da Autor UNIFESP Google Scholar
Marques, Carolina Mattos Autor UNIFESP Google Scholar
Alonso, Neide Barreira Autor UNIFESP Google Scholar
Azevedo, Auro Mauro Autor UNIFESP Google Scholar
Westphal-Guitti, Ana Carolina Google Scholar
Caboclo, Luís Otávio Sales Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Sakamoto, Américo Ceiki Autor UNIFESP Google Scholar
Yacubian, Elza Márcia Targas Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo INTRODUCTION: Up to the present, there are no validated instruments or studies emphasizing reliability and validity of questionnaires to measure quality of life in epilepsy into Brazilian Portuguese. PURPOSE: This report describes the translation and cross-cultural adaptation of the Quality of Life in Epilepsy-31 (QOLIE-31). CASUISTIC AND METHODS: Thirty patients regularly accompanied with temporal lobe epilepsy related to mesial temporal sclerosis (n = 18) and juvenile myoclonic epilepsy (n = 12) answered the questionnaire. RESULTS: One of the authors (Joyce Cramer) conceded the original English version to Portuguese translation. Later, two independent native English-speaking teachers fluent in Portuguese translated this consensus version back into English. Comparison of the back-translation with the original English version showed only a few discrepancies and the English and Portuguese versions were considered conceptually equivalents. Thirty subjects, 20 (66%) female and 10 (34%) male, mean age of 36 years old answered the questionnaire. Socio-demographic characteristics were: regarding to educational level, 10 (30%) had primary school, 16 (53%) secondary and 4 (17%), higher education. Fourteen (46%) had less than 5 seizures in the last month, 10 (33%) 6-10 and 6 (21%) more than 10. After the patients having answered 30 questionnaires only three (10%) of them hadn't understood question 28, which had to be rewritten. CONCLUSION: QOLIE-31 is one of the most widely instruments used to evaluate quality of life in epilepsy. Brazilian patients easily understood its questions. We believe that after finishing validation of its psychometric properties this instrument will be very helpful to evaluate quality of life of Brazilian people with epilepsy.

INTRODUÇÃO: A obtenção de informações sobre o funcionamento e bem-estar dos pacientes é essencial para avaliação dos benefícios das intervenções terapêuticas, porque fornece evidências sobre o impacto da doença e do tratamento em termos de condição de saúde. No Brasil não dispomos de literatura sobre tradução, adaptação cultural e validação de escalas de qualidade de vida (QV) desenvolvidas para avaliar pessoas com epilepsia. OBJETIVO: Tradução e adaptação cultural do Questionário Qualidade de Vida em Epilepsia-31 [Quality of Life in Epilepsy Inventory-31 (QOLIE-31)]. CASUÍSTICA E METODOLOGIA: Trinta pacientes em acompanhamento regular com diagnóstico de epilepsia do lobo temporal por esclerose mesial temporal (n = 18) e epilepsia mioclônica juvenil (n = 12) responderam ao questionário. A versão original do questionário foi obtida com um dos autores da escala (Joyce Cramer) que concedeu a versão original em inglês para a tradução. RESULTADOS: Dois professores de inglês nativos realizaram a retrotradução. As versões em português e a retrotraduzida foram comparadas à original e após consenso foi obtida a versão final. Vinte pacientes (66%) eram do sexo feminino e 10 (34%) masculino, com média de idade de 36 anos. Dez (30%) completaram o 1º, 16 (53%) o 2º e 4 (17%) o 3º graus. Dos 30, 14 (46%) apresentaram até 5 crises no último mês, 10 (33%) de 6 a 10 e 6 (21%) mais de 10. Após aplicação dos 30 questionários apenas a questão 28 não foi compreendida por 3 (10%) dos pacientes, sendo reescrita após consultar a autora do questionário. CONCLUSÃO: O QOLIE-31 demonstrou-se uma escala de fácil aplicação na população brasileira, com fácil entendimento. Acreditamos que ao terminar o processo de validação será um instrumento de grande utilidade para avaliar a QV de pessoas com epilepsia.
Palavra-chave quality of life
epilepsy
QOLIE-31
Qualidade de vida
Epilepsia
QOLIE-31
Idioma Português
Data de publicação 2006-06-01
Publicado em Journal of Epilepsy and Clinical Neurophysiology. Liga Brasileira de Epilepsia (LBE), v. 12, n. 2, p. 107-110, 2006.
ISSN 1676-2649 (Sherpa/Romeo)
Publicador Liga Brasileira de Epilepsia (LBE)
Extensão 107-110
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1676-26492006000300011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1676-26492006000300011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3128

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1676-26492006000300011.pdf
Tamanho: 120.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta