O cuidado em situação de rua: revendo o significado do processo saúde-doença

O cuidado em situação de rua: revendo o significado do processo saúde-doença

Título alternativo The care of homeless person: reviewing the meanings of health-disease process
La atención a personas sin hogar: revisando el significado del proceso salud-enfermedad
Autor Rosa, Anderson da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Secco, Maria Gabriela Autor UNIFESP Google Scholar
Brêtas, Ana Cristina Passarela Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This qualitative research had the objective of knowing the significance of the health-sickness-care process to homeless person and workers of a community center to homeless people on São Paulo city. The dates were collected by the interview with four homeless person and four workers. The interviews were separated in three categories: 1) the apprehension of the health sickness-care process, 2) the caring of health in the street, 3) advices to survive in the street. The results showed that even with the difference of the homeless person, the street have a specific culture relative of the health-sickness-care person that need to be comprehend by nurses.

Esta investigación cualitativa se ha realizado con el intuito de conocer el significado del proceso salud- enfermedad- cuidados de personas sin hogar, y trabajadores de un centro comunitario de atención a los sufridores sin hogar, en la ciudad de São Paulo. Las informaciones fueron recogidas mediante la técnica de entrevista con cuatro sufridores de la calle y cuatro trabajadores. El análisis fue realizado por medio de un proceso de hermenéutica, el que tuvo por referencia a tres categorías analíticas: 1) la comprensión del proceso salud-enfermedad-cuidados; 2) los cuidados con la salud de los que viven en la calle; 3) consejos para poder sobrevivir en la calle. Los resultados apuntan que, a pesar del carácter heterogéneo de la población que vive en la calle, hay una cultura típica -de la calle-, relacionada al proceso salud-enfermedad- cuidados, que necesita ser aprendida por los enfermeros para lograr un mejor cuidado de esas personas.

Esta pesquisa qualitativa teve por objetivo conhecer o significado do processo saúde-doença-cuidado para pessoas em situação de rua e trabalhadores de um centro comunitário de atendimento ao povo de rua na cidade de São Paulo. Os dados foram coletados por meio da técnica da entrevista com quatro moradores de rua e quatro trabalhadores. A análise foi realizada por meio da hermenêutica, tomando como referência três categorias analíticas: 1) a compreensão do processo saúde-doença-cuidado; 2) o cuidado com a saúde na rua; 3) conselhos para sobrevivência na rua. Os resultados mostram que apesar da heterogeneidade do povo de rua, existe uma cultura da rua relativa ao processo saúde-doença-cuidado que necessita ser apreendida pelos enfermeiros.
Palavra-chave Health-disease process
Homeless persons
Nursing care
Processo saúde-doença
Sem-teto
Cuidados de enfermagem
Idioma Português
Data de publicação 2006-06-01
Publicado em Revista Brasileira de Enfermagem. Associação Brasileira de Enfermagem, v. 59, n. 3, p. 331-336, 2006.
ISSN 0034-7167 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Enfermagem
Extensão 331-336
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672006000300015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-71672006000300015 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3117

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-71672006000300015.pdf
Tamanho: 108.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta