Estudo da freqüência de cárie e fatores associados no diabetes mellitus tipo 1

Estudo da freqüência de cárie e fatores associados no diabetes mellitus tipo 1

Título alternativo Study on the frequency of caries and associated factors in type 1 diabetes mellitus
Autor Amaral, Fábio Menasce Franco do Autor UNIFESP Google Scholar
Ramos, Patrícia G. De A. Google Scholar
Ferreira, Sandra Roberta Gouvea Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo Subjects with diabetes mellitus (DM) are more prone to certain disturbances of oral cavity but there are controversies concerning caries. This cross-sectional study investigated the frequency of caries and associated factors, in a sample of population with or without type 1 DM, including non-diabetic (53 women, 31 men) and 30 diabetic subjects (19 women, 11 men) aged 17-28 years. Diagnosis of dental caries was based on the DMF-T index (D= decay; M= miss; F= fill; T= teeth); in addition, a plaque control record (PCR) was obtained. A preponderance of female sex was found within the groups studied but such proportions did not differ when comparing diabetic and non-diabetic groups. Mean ages were 21.0 ± 2.2 and 19.5 ± 1.8 years, respectively for subjects without and with DM (p< 0.05). Education level was higher in the non-diabetic group as well as the DMF-T index (10.5 ± 5.8 vs. 6.7 ± 5.7, p< 0.01). Linear regression analysis (n= 114) showed significant associations of DMF-T with age, sucrose intake, daily frequency of tooth brushing, of dental floss use, PCR and of visits to the dentist. By ANOVA model with age as a covariate the non-diabetic condition (p= 0.047), sucrose index and PCR (r²= 0.820) were independently associated with the DMF-T. In the diabetic-specific model, with only the diabetic subjects included and sucrose index as a covariate, DM duration, fundus abnormality and PCR were significantly associated with the presence of caries (r²= 0.816). The sample of type 1 diabetic subjects suggest that they are less prone to caries than non-diabetics, despite having a higher frequency of meals, less tooth brushing and dental floss use. We speculate that DM duration may contribute to the occurrence of caries and restricted sucrose consumption to lower frequency of caries in diabetic subjects.

Indivíduos com diabetes mellitus (DM) são mais susceptíveis a doenças da cavidade bucal, havendo controvérsias quanto à cárie. Este estudo transversal investigou a freqüência de cárie e fatores associados em amostra portadora ou não de DM tipo 1, incluindo-se 84 jovens não-diabéticos (53F / 31M) e 30 diabéticos (19F / 11M) entre 17-28 anos. O diagnóstico de cárie baseou-se no índice de CPO-D (dentes C= cariados; P= perdidos; O= obturados); além deste, foi obtido registro de controle de placa (RCP). Nos grupos estudados houve predomínio do sexo feminino, embora estas proporções não tenham diferido entre os grupos diabético e não-diabético. As médias de idade foram de 21,0 ± 2,2 e 19,5 ± 1,8 anos, respectivamente para indivíduos sem e com DM (p< 0,05). A escolaridade foi mais elevada no grupo não-diabético, assim como o índice de CPO-D (10,5 ± 5,8 vs. 6,7 ± 5,7; p< 0,01). A análise de regressão simples (n= 114) mostrou associações significantes da CPO-D com idade, consumo de sacarose, número de escovações diárias, uso do fio dental, RCP e de visitas ao dentista. Em modelo de ANOVA, tendo a idade como co-variável, associaram-se significantemente à CPO-D a condição não-diabética, índice de sacarose e RCP (r²= 0,820). No modelo que incluiu apenas o grupo com DM, tendo o índice de sacarose como co-variável, o tempo de DM, anormalidade da fundoscopia e RCP associaram-se significantemente à cárie (r²= 0,816). A amostra de indivíduos diabéticos sugere que estes apresentam menos cáries que os não-diabéticos, apesar de realizarem maior número de refeições e menor uso de escovação e fio dental. Especula-se que a duração do DM possa contribuir para ocorrência de cárie e o consumo restrito de sacarose para menor freqüência de cárie em portadores de DM.
Palavra-chave Type 1 diabetes mellitus
Caries
Glycemic control
Diet
Sucrose
Diabetes mellitus tipo 1
Cárie
Controle glicêmico
Dieta
Sacarose
Idioma Português
Data de publicação 2006-06-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 50, n. 3, p. 515-522, 2006.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 515-522
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302006000300015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27302006000300015 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/3059

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302006000300015.pdf
Tamanho: 79.90KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta