Alterações oculares em pacientes com tuberculose

Alterações oculares em pacientes com tuberculose

Título alternativo Ocular manifestation in patients with tuberculosis
Autor Almeida, Simone Ribeiro Araújo De Autor UNIFESP Google Scholar
Finamor, Luciana Peixoto Autor UNIFESP Google Scholar
Muccioli, Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To analyze clinical findings of ocular tuberculosis and its epidemiological features. METHODS: Were reviewed clinical files of patients who attended the Ophthalmology - Uveitis and AIDS sector of UNIFESP-EPM, São Paulo, Brazil between January 1999 and July 2002 and had a diagnosis of ocular tuberculosis. Patients who had Mantoux test higher than 10 mm, epidemiological history of tuberculosis and ocular findings that improved after specific treatment were included. RESULTS: Seventeen medical files were analyzed, of those, 12 (70,6%) were females. The mean age was 54 (24-84) years. The average time between symptoms and diagnosis was 100 days. Ocular findings at the first interview were multiple but most were at the anterior segment of the eye and 41% of patients who had clinical findings that suggested tuberculosis other than ocular. Situations as glaucoma, retinal detachment and vitreous hemorrhage were responsible for reduction of visual acuity. CONCLUSIONS: Ocular tuberculosis showed a low prevalence but important visual loosing morbidity. The multiplicity of clinical findings is responsible for the delay of diagnosis.

OBJETIVO: Analisar os achados clínicos da tuberculose ocular e seus aspectos epidemiológicos. MÉTODOS: Foram revisados prontuários médicos de pacientes que foram atendidos no Departamento de Oftalmologia - setor de Uveíte e AIDS da UNIFESP-EPM, São Paulo, Brasil, entre janeiro de 1999 e julho de 2002 e que tiveram diagnóstico de tuberculose ocular. Foram inclusos os pacientes que apresentaram PPD forte reator, epidemiologia positiva para tuberculose e lesão ocular que melhorou com tratamento específico. RESULTADOS: Foram analisados prontuários médicos de 17 pacientes, sendo 12 (70,6%) do sexo feminino. A idade média foi de 54 (24-84) anos. O tempo médio entre o início dos sintomas e a primeira consulta foi de 100 dias. Os achados oculares foram inespecíficos nesta ocasião mas prevaleceram as alterações de segmento anterior e 41% dos pacientes apresentavam sinais de tuberculose sistêmica. Alterações como glaucoma, descolamento de retina e hemorragia vítrea foram responsáveis pela redução da acuidade visual. CONCLUSÃO: Embora pouco prevalente, a tuberculose ocular apresenta morbidade elevada. A inespecificidade da apresentação clínica da doença ocular pode atrasar o seu diagnóstico.
Palavra-chave Tuberculosis, ocular
Uveitis
Glaucoma
Retinal detachment
Eye manifestations
Tuberculose ocular
Uveíte
Glaucoma
Descolamento retiniano
Manifestações oculares
Idioma Português
Data de publicação 2006-04-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 69, n. 2, p. 177-179, 2006.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 177-179
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492006000200008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492006000200008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2978

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492006000200008.pdf
Tamanho: 42.32KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta