Avaliação do perfil sociodemográfico, clínico-laboratorial e terapêutico dos pacientes com artrite reumatóide que participaram de projetos de pesquisa na Escola Paulista de Medicina, nos últimos 25 anos

Avaliação do perfil sociodemográfico, clínico-laboratorial e terapêutico dos pacientes com artrite reumatóide que participaram de projetos de pesquisa na Escola Paulista de Medicina, nos últimos 25 anos

Título alternativo Evaluation of the sociodemographic, clinical-laboratorial and therapeutic profile of rheumatoid arthritis patients who participated of research projects in the Escola Paulista de Medicina in the last 25 years
Autor Abreu, Mirhelen Mendes de Autor UNIFESP Google Scholar
Kowalski, Sérgio Cândido Autor UNIFESP Google Scholar
Ciconelli, Rozana Mesquita Autor UNIFESP Google Scholar
Ferraz, Marcos Bosi Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Sociedade Brasileira de Reumatologia
Resumo OBJECTIVE: To analyse the clinical, laboratory, treatment and social progress of patients with rheumatoid arthritis (RA) who attend at Escola Paulista de Medicina (EPM-UNIFESP), Brazil, submitted to researching theses from 1979 to September, 2004. PATIENTS AND METHODS: 65 researches theses were reviewed and 26 were selected according inclusion/exclusion criterias. Inclusion: researches which analysed outpatients with RA belonging to EPM ambulatory. Exclusion: researches which included outpatients from other institutions or diseases. Classifications of the studies: a) period of conclusion: I (1979-1984); II (1985-1989); III (1990-1994); IV (1995-1999); V (2000-2004); b) type of the study: laboratory; rehabilitation; radiology; epidemiology; quality of life; health economics. RESULTS: Twenty six thesis out of 65 were suitable for analysis there was a predominance of basic research (7 thesis) on the first three periods, followed by reabilitation research (6 thesis) and measurement of quality of life (5 thesis). Concerning demographic data, patients were in average, 52 years old with prevalence of white females. High levels of schooling were noted for the last periods analysed. Patients functinal class were evaluated in 11 studies, with a predominance of functinal class II. Therapeutic strategies for the treatment of RA have changed significantly, showing DMARDs in the therapeutic options. CONCLUSIONS: The demographic, clinical, laboratory, and therapeutic characteristics changed along time and type of this study developed. Initially there was a preference for NSAIDs, and nowadays for DMARDs.

OBJETIVO: descrever o perfil sociodemográfico, clínico-laboratorial e terapêutico dos pacientes com artrite reumatóide (AR) do ambulatório de reumatologia da Escola Paulista de Medicina (EPM-UNIFESP) que participaram de teses de pós-graduação no período de 25 anos, compreendido entre 1979 e 2004. PACIENTES E MÉTODOS: teses que avaliaram pacientes com AR da EPM. Exclusão: teses que incluíram pacientes de outras instituições ou com outras doencas. Classificação dos estudos: conforme o período de conclusão - I (1979-1984); II (1985-1989); III (1990-1994); IV (1995-1999); V (2000-2004) - e tipo de estudo (pesquisa básica; reabilitação; radiologia; qualidade de vida; epidemiologia e economia de saúde). RESULTADOS: Foram selecionadas 26 de 65 teses. Houve um predomínio de pesquisa básica (7 teses) nos três primeiros períodos, seguidos por reabilitação (6 teses) e de qualidade de vida (5 teses). Demografia: média de idade de 52 anos, predomínio do sexo feminino e raça branca. A escolaridade, avaliada em 5 estudos (qualidade de vida e economia de saúde), apresentou nível médio e superior de ensino nos últimos períodos. A classificação funcional (CF) foi pesquisada em 11 estudos, com maior prevalência da CF II. Tratamento: predomínio do uso de antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs) e corticóides nos períodos I a III e, nos períodos III e V, de drogas modificadoras de atividade de doença (DMARDs), especialmente de metotrexato (MTX). CONCLUSÕES: observou-se alteração no nível de escolaridade e predomínio dos estudos de pesquisa básica, reabilitação e qualidade de vida. Houve preferência inicial pelos AINEs e, atualmente, pelos DMARDs.
Assunto Rheumatoid arthritis
history of medicine
treatment
diagnosis
artrite reumatóide
história da medicina
tratamento
diagnóstico
Idioma Português
Data 2006-04-01
Publicado em Revista Brasileira de Reumatologia. Sociedade Brasileira de Reumatologia, v. 46, n. 2, p. 103-109, 2006.
ISSN 0482-5004 (Sherpa/Romeo)
Editor Sociedade Brasileira de Reumatologia
Extensão 103-109
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0482-50042006000200004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0482-50042006000200004 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2977

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0482-50042006000200004.pdf
Tamanho: 202.4Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)