Tratamento cirúrgico das lesões da aorta torácica utilizando parada circulatória total hipotérmica com perfusão cerebral retrógrada

Tratamento cirúrgico das lesões da aorta torácica utilizando parada circulatória total hipotérmica com perfusão cerebral retrógrada

Título alternativo Surgical treatment of the pathologies involving thoracic aorta using deep hypothermic total circulatory arrest with retrograde cerebral perfusion
Autor Braile, Domingo Marcolino Google Scholar
Buffolo, Enio Autor UNIFESP Google Scholar
Andrade, José Carlos S Autor UNIFESP Google Scholar
Volpe, Marco Antônio Google Scholar
Fonseca, José Honório de Almeida Palma da Autor UNIFESP Google Scholar
Zaiantchick, Marcos Google Scholar
Instituição Instituto de Molésticas Cardiovasculares
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo From September 1991 to February 1992, nine patients presenting thoracic aorta pathologies were submitted to surgery using deep hypothermic total circulatory arrest with retrograde cerebral perfusion. Six patients were male and three female, with ages ranging from 45 to 80 years. Four had type A dissection, three had true aorta aneurysm, one had true aneurysm associated with type A dissection and one had anulusaorta ectasia associated with type B dissection. A cava-cava-femoral cardiopulmonary bypass was established with deep hypothermia and total circulatory arrest. Retrograde blood cardioplegia was used for myocardial preservation. During total circulatory arrest retrograde cerebral perfusion was made using arterial line cannulated to the superior vena cava with a flow of 250 to 300 ml/min the central venous pressure monitored at the arm ranged between 30 and 40 cmH2O. Surgical repair was achieved using bovine pericardial tube and patch associated to the biological glue. Duration of cardiopulmonary bypass ranged from 75 to 169 min, total circulatory arrest from 32 to 79 min and retrograde cerebral perfusion from 32 to 79 min. There was no mortality associated to surgery or to immediate postoperative period. There was only one late death, due to septcemia. All other patients are on follow-up. The results show that total circulatory arrest with retrograde cerebral perfusion protects the brain more effectively than conventional total circulatory arrest during surgical treatment of thoracic aorta pathologies that require total circulatory arrest.

De setembro de 1991 a fevereiro de 1992, foram operados nove pacientes com lesões da aorta torácica, usando parada circulatória total (PCT) hipotérmica profunda com perfusão cerebral retrógrada (PCR), sendo seis do sexo masculino e três do feminino, com idade variando de 45 a 80 anos. Quatro deles tinham dissecção tipo A, três tinham aneurisma verdadeiro de aorta, um tinha uma associação de aneurisma verdadeiro com dissecção tipo A e um tinha ectasia ânulo-aórtica associada a dissecção tipo B. A técnica utilizada foi a instalação da circulação extracorpórea (CEC) tipo cava-cava-femoral com hipotermia profunda e parada circulatória total. Utilizou-se cardioplegia retrógrada sangüínea como método de preservação de miocárdio. Durante a PCT foi feita PCR usando a linha arterial conectada à cânula da VCS, com fluxo de 250 a 300 ml/min, com PVC monitorizada no membro superior variando entre 30 e 40 cmH2O. A correção cirúrgica foi feita com tubo e patch de pericárdio bovino associados a cola biológica. O tempo de CEC variou de 75 até 169 min, com PCT de 32 até 79 min. e com PCR de 32 até 79 min. Não houve óbito associado ao ato operatório e nem ao pós-operatório (PO) imediato. Houve apenas um óbito tardio por septicemia. Demais pacientes em seguimento ambulatorial. Os resultados obtidos representam um forte indicador de que a PCT com PCR protege o cérebro de forma mais eficiente que a PCT convencional, sendo vantajosa no tratamento cirúrgico das afecções da aorta torácica que requerem PCT.
Palavra-chave aneurysms, aortic
cerebral protection
aneurismas de aorta
proteção cerebral
Idioma Português
Data de publicação 1992-06-01
Publicado em Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular. Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, v. 7, n. 2, p. 96-106, 1992.
ISSN 0102-7638 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Extensão 96-106
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76381992000200004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-76381992000200004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/297

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-76381992000200004.pdf
Tamanho: 2.652MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta