Prevalência de constipação em adolescentes matriculados em escolas de São José dos Campos, SP, e em seus pais

Prevalência de constipação em adolescentes matriculados em escolas de São José dos Campos, SP, e em seus pais

Título alternativo Prevalence of constipation in adolescents enrolled in São José dos Campos, SP, Brazil, school's and in their parents
Autor Oliveira, Julyanne Nakagawa Autor UNIFESP Google Scholar
Tahan, Soraia Autor UNIFESP Google Scholar
Goshima, Soraya Autor UNIFESP Google Scholar
Fagundes-neto, Ulysses Autor UNIFESP Google Scholar
Morais, Mauro Batista de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: There is few information concerning constipation in adolescence. AIMS: To evaluate the prevalence of constipation in adolescents enrolled in schools settled down in the city of São José dos Campos, state of São Paulo, Brazil, and in their biological parents. PATIENTS AND METHODS: A transversal study was carried out by analyzing a convenience sample which included adolescents between 9 years and 9 months and 18 years and 7 months old and their parents in five schools situated in São José dos Campos, SP. Data was obtained from an individual and personal questionnaire filled by the father, the mother and the adolescent. Three hundred and seventy two adolescents were studied. Constipation was defined as the elimination of hard stools and the presence of at least one of the following: painful or difficult defecation, soiling or bloody stools. Scybalous feces or dry cracked stools or the defecation frequency equal or minor than two per week were considered criteria for characterization of constipation. Rome II criteria was used for evaluate the prevalence of constipation in the parents. RESULTS: The prevalence of constipation in adolescents was 22.3%, being it more frequent in female (27.4%) than in male (14.9%). Among the fathers, the prevalence of constipation (7.3%; 20/274) was lower than in the mothers. Kappa's coefficient showed a slight concordance in the concomitance of constipation in the adolescent and his/her mother (kappa = 0.12) and in the adolescent and his/her father (kappa = 0.05). CONCLUSIONS: Intestinal constipation is a prevalent disturbance in the studied group of adolescents. However, it was not found relevant concordance between constipation in the adolescents and their parents.

RACIONAL: Existem poucas informações a respeito da constipação em adolescentes. OBJETIVO: Avaliar a prevalência de constipação em adolescentes matriculados em escolas de São José dos Campos, SP, Brasil, e a concomitância de constipação em seus pais biológicos. MÉTODOS: Neste estudo transversal foi analisada amostra de conveniência composta por alunos com idade entre 9 anos e 9 meses e 18 anos e 7 meses e seus respectivos pais biológicos em cinco escolas de São José dos Campos. Para a coleta dos dados foi utilizado um questionário individual. Foram analisados 372 adolescentes cujos pais também responderam ao questionário. Constipação foi caracterizada quando o adolescente apresentava eliminação de fezes com consistência obrigatoriamente endurecida e a ocorrência de pelo menos uma das seguintes características: dor ou dificuldade para evacuar, escape fecal e sangue em torno das fezes. Fezes com formato de cíbalos ou em pelotas grandes e secas e intervalo entre as evacuações maior ou igual a três dias foram considerados critérios que isoladamente caracterizavam constipação. Para os pais, constipação foi caracterizada de acordo com os critérios de Roma II. RESULTADOS: A prevalência de constipação nos adolescentes foi igual a 22,3%, sendo mais freqüente no sexo feminino (27,4%) do que no masculino (14,9%). Constipação nos pais (7,3%; 20/274) foi menos freqüente do que nas mães (27,3%; 88/322). Observou-se concordância muito leve quanto à concomitância de constipação no adolescente e em sua mãe (kappa = 0,12) e à concomitância de constipação no adolescente e em seu pai (kappa = 0,05). CONCLUSÕES: Constipação intestinal é um distúrbio prevalente neste grupo de adolescentes. Não se constatou concordância relevante entre constipação nos adolescentes e em seus pais biológicos.
Palavra-chave Constipation
epidemiology
Adolescent
Constipação
epidemiologia
Adolescente
Idioma Português
Data de publicação 2006-03-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 43, n. 1, p. 50-54, 2006.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 50-54
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032006000100013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032006000100013 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2959

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-28032006000100013.pdf
Tamanho: 192.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta