Iatrogenia em Medicina Intensiva

Iatrogenia em Medicina Intensiva

Título alternativo Iatrogenic in Intensive Care Medicine
Autor Canineu, Rafael Autor UNIFESP Google Scholar
Guimarães, Hélio Penna Autor UNIFESP Google Scholar
Lopes, Renato Delascio Autor UNIFESP Google Scholar
Vendrame, Letícia Sandre Autor UNIFESP Google Scholar
Fonseca Júnior, Max Artur Da Autor UNIFESP Google Scholar
Lopes, Antonio Carlos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Núcleo de Estudos em Emergências Clínicas
Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia Divisão de Pesquisa
AMIB-AMB
Resumo BACKGROUND AND OBJECTIVES: Iatrogenic conditions was due of the medical, correctly intervention or not, justified or not, which harmful consequences to the patient. The cares in Intensive Care Medicine present substantial challenges with relation to the security of the patient. The objective of this article is to make one brief revision of literature on the iatrogenic in its concepts and basic terms and its taxes prevalence in Intensive Care Medicine. CONTENTS: Intensive Care Medicine supplies subsidies that improve the morbidity and mortality, but that also the significant risks of adverse events and serious errors associate. The Iatrogenic can be minimized with the adequate monitorization or can be friction as waited aggravation, idiopathic and if to perpetuate in the anonymity. CONCLUSIONS: It is basic to recognize the necessity of the constant learning and recycling and conscience of the susceptibilities to the error; in this context, the respect for the human being must guide the professional behavior.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Define-se iatrogenia ou afecções iatrogênicas como decorrentes da intervenção médica, correta ou não e justificada ou não, da qual resultam conseqüências prejudiciais ao paciente. Os cuidados em Medicina Intensiva apresentam desafios substanciais com relação à segurança do paciente. O objetivo deste artigo foi apresentar uma breve revisão da literatura sobre a iatrogenia em seus conceitos e termos básicos e suas taxas de prevalência em Medicina Intensiva. CONTEÚDO: A Medicina Intensiva fornece subsídios que melhoram a morbidade e a mortalidade, mas que também se associam a riscos significativos de eventos adversos e erros graves; as iatrogenias podem ser diminuídos com monitoração adequada ou podem ser rotuladas como agravante esperado, idiopatia e se perpetuarem no anonimato CONCLUSÕES: É fundamental reconhecer a necessidade do constante aprendizado, reciclagem e consciência da susceptibilidade ao erro; neste contexto, o respeito pelo ser humano deve nortear a conduta profissional.
Palavra-chave adverse events
iatrogenic
intensive care
eventos adversos
Iatrogênia
Medicina Intensiva
Idioma Português
Data de publicação 2006-03-01
Publicado em Revista Brasileira de Terapia Intensiva. Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB, v. 18, n. 1, p. 95-98, 2006.
ISSN 0103-507X (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação de Medicina Intensiva Brasileira - AMIB
Extensão 95-98
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-507X2006000100015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0103-507X2006000100015 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2938

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-507X2006000100015.pdf
Tamanho: 85.74KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta