Hospitalização: efeito sobre o estado nutricional em crianças

Hospitalização: efeito sobre o estado nutricional em crianças

Título alternativo The effects of hospitalization on the nutritional status of children
Autor Rocha, Geila A. Google Scholar
Rocha, Edmundo J. M. Google Scholar
Martins, Ceci V. Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Estadual do Ceará
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the nutritional status of children at hospital admission and again at hospital discharge and to investigate factors associated with the onset and/or exacerbation of malnutrition. METHOD: An observational study of 203 children under 5 years old admitted to a hospital in the city of Fortaleza between August and December 2003. Nutritional status, expressed in z-scores for weight/age, stature/age and weight/stature, was compared at the time of admission and on hospital discharge and broken down by sex, age, condition responsible for hospitalization and length of hospital stay. RESULTS: On admission prevalence rates for moderate and/or severe malnutrition (z-score < -2) were 18.7, 18.2 and 6.9%, for weight/age, stature/age and weight/stature, respectively. During their stay in hospital 51.6% of the 186 children who completed the study lost weight, with most weight being lost by those with prolonged hospital stays and pneumonia as the disease responsible for their hospitalization. Children who had malnutrition on admission were still malnourished at hospital discharge and 10 (9.17%) well-nourished children developed mild malnutrition while hospitalized. CONCLUSIONS: The prevalence of malnutrition at the time of admission was elevated and remained unchanged by discharge. Prolonged hospitalization and pneumonia were linked with weight loss in hospital.

OBJETIVO: Avaliar o estado nutricional de crianças, por ocasião da admissão e da alta hospitalar, e fatores associados com o aparecimento e/ou agravamento da desnutrição MÉTODO: Estudo observacional de 203 crianças, menores de 5 anos de idade, internadas em um hospital na cidade de Fortaleza, entre agosto e dezembro de 2003. Comparou-se o estado nutricional, expresso em escore z, dos índices peso/idade, estatura/idade e peso/estatura no momento da admissão e da alta hospitalar, de acordo com sexo, idade, doença que motivou a internação e tempo de permanência no hospital. RESULTADOS: Na admissão, as prevalências de desnutrição moderada e/ou grave (< -2 z escore) foram 18,7, 18,2 e 6,9%, para os índices peso/idade, estatura/idade e peso/estatura, respectivamente. Das 186 crianças que completaram o estudo, 51,6% apresentaram perda ponderal, em especial as que tiveram internação prolongada e pneumonia como doença determinante da internação. Na alta hospitalar, as crianças com desnutrição permaneceram com seu estado nutricional inalterado, e 10 (9,17%) eutróficas evoluíram para desnutrição leve. CONCLUSÕES: A prevalência de desnutrição à admissão foi elevada, permanecendo inalterada por ocasião da alta. Hospitalização prolongada e pneumonia associaram-se à perda de peso durante a internação.
Palavra-chave Nutritional assesment
child
hospital malnutrition
inpatients malnutrition
Avaliação nutricional
criança
desnutrição hospitalar
Idioma Português
Data de publicação 2006-02-01
Publicado em Jornal de Pediatria. Sociedade Brasileira de Pediatria, v. 82, n. 1, p. 70-74, 2006.
ISSN 0021-7557 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Pediatria
Extensão 70-74
Fonte http://dx.doi.org/10.2223/JPED.1440
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0021-75572006000100014 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2919

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0021-75572006000100014.pdf
Tamanho: 108.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta