Vital dye is enough for inguinal sentinel lymph node biopsy in melanoma patients

Vital dye is enough for inguinal sentinel lymph node biopsy in melanoma patients

Título alternativo Corante vital é suficiente para biópsia de linfonodo sentinela inguinal em pacientes portadores de melanoma
Autor Oliveira Filho, Renato Santos de Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Allisson Monteiro da Autor UNIFESP Google Scholar
Hochman, Bernardo Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira, Renato Leão de Google Scholar
Arcuschin, Liliana Google Scholar
Wagner, Jairo Google Scholar
Yamaga, Lílian Yuri Google Scholar
Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Oncology Prevention Center
Albert Einstein Hospital Nuclear Medicine Service
Resumo PURPOSE: The importance of gamma probe detection (GPD) combined with vital dye for sentinel node (SN) biopsy is well accepted. We evaluated the efficacy of patent blue dye (PBD) in identifying inguinal SN. METHODS: Ninety-four cutaneous melanoma patients with inferior extremity lesions were submitted to SNB according to a established protocol. Patients were randomized in two groups: Blue group, where SN was identified by PPD and Probe group, where SN was identified by GPD. The median age was 44.2 years and median Breslow thickness was 2.1 mm. Preoperative lymphoscintigraphy, lymphatic mapping with PBD and intra-operative GPD was performed on all patients. Histological examination of SN consisted of hematoxylin-eosin and immunohistochemical staining. If micrometastases were present complete lymphadenectomy was performed. The SN was considered as identified by PBD if it was blue and identified by GPD if it demonstrated at least ten times greater radioactivity than background. RESULTS: It was explored 94 inguinal lymphatic basins, 145 SN were excised (70 guided primarily by blue dye and 75 guided primarily by probe). All SN identified by preoperative lymphoscintigraphy were excised. In the Blue group PPD identified all SN and all of them were hot. In the Probe group all SN were identified by probe and were blue. The coincidence of PPD and GPD was 100%. CONCLUSION: Patent blue dye is enough to identify superficial inguinal SN in cutaneous melanoma.

OBJETIVO: a importância da detecção gama intra-operatória combinada com corante vital para biópsia de linfonodo sentinela é bem aceita. Nós avaliamos a eficácia do azul patente V na identificação do linfonodo sentinela inguinal. MÉTODOS: Noventa e quatro pacientes portadores de melanoma cutâneo de membro inferior foram submetidos a biópsia de linfonodo sentinela de acordo com protocolo estabelecido. Foram randomizados em dois grupos: Grupo Azul, onde o linfonodo sentinela foi identificado primariamente com o corante vital azul patente V (Guerbet) e o Grupo Sonda, onde o linfonodo sentinela foi identificado primariamente pela sonda de detecção gama (Neoprobe). A idade mediana foi de 44,2 anos e a espessura mediana de Breslow foi 2,1 mm. Linfocintilografia pré-operatória, mapeamento linfático com azul patente V e detecção gama intra-opertaória foram realizados em todos os pacientes. O exame histopatológico do linfonodo sentinela consistiu de hematoxilina-eosina e imunohistoquímica. Se micrometástase estivesse presente, linfadenectomia completa era realizada. O linfonodo sentinela era considerado como identificado pelo corante vital se estivesse azul e identificado pela sonda de detecção gama se demonstrasse pelo menos 10 vezes ou mais radioatividade do que o fundo. RESULTADOS: Foram exploradas 94 regiões inguinais, 145 linfonodos sentinelas foram excisados (70 dirigidos primariamente pelo corante vital e 75 dirigidos pela sonda de detecção gama). Todos os linfonodos sentinelas identificados pela linfocintilografia foram excisados. No grupo azul, todos os linfonodos sentinela foram primariamente idenficados pelo corante vital e todos se apresentavam quentes na leitura pela sonda. No grupo sonda, todos os linfonodos sentinelas foram primariamente identificados pela sonda e estavam corados pelo azul. A coincidência da sonda com o corante vital foi de 100%. CONCLUSÃO: Azul patente V foi suficiente para identificar linfonodo sentinela inguinal em pacientes com melanoma cutâneo.
Palavra-chave Dyes
Lymphatic Vessels
Probe
Lymph Nodes
Melanoma
Tintura
Vasos Linfáticos
Sonda
Linfonodos
Melanoma
Idioma Inglês
Data de publicação 2006-02-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 21, n. 1, p. 12-15, 2006.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 12-15
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502006000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-86502006000100004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2914

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502006000100004.pdf
Tamanho: 755.0KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta